17:38 20 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Bandeiras no Parlamento Europeu em Estrasburgo, França

    Comissário do Parlamento Europeu revela fontes de financiamento ao terrorismo na UE

    © AP Photo / Christian Lutz
    Europa
    URL curta
    617

    Esquemas de fraude com impostos na Europa estão sendo adotados por criminosos para financiar as atividades terroristas. O Parlamento Europeu está combatendo esse fenômeno, disse nesta segunda-feira o comissário europeu de economia e finanças, Pierre Moscovici.

    Temos provas de que as organizações criminosas e terroristas estão obtendo recursos através de fraudes com impostos em território da União Europeia", disse o político durante a reunião de um comitê especial, dedicado ao combate do terrorismo.

    Forças dos EUA em Manbij, Síria, foto de arquivo
    © AFP 2018 / DELIL SOULEIMAN
    Segundo ele, entre outras formas, se trata de esquemas envolvendo o imposto de valor agregado em transações entre fronteiras.

    "Por isso eu propus a completa reformulação do atual sistema de impostos de valor agregado na UE, de modo a permitir considerar as operações internacionais do mesmo modo como as operações no interior de cada país", declarou Moscovici, destacando que a medida evitará evasão de imposto no valor de 40 bilhões de euros. 

    O comissário explicou que entre as medidas discutidas no Conselho do Parlamento Europeu está a ampliação das atribuições dos órgãos competentes, bem como o fortalecimento da cooperação entre várias agências que combatem fraudes no âmbito do bloco econômico.

    Mais:

    Damasco: EUA ajudaram Daesh a tentar estabelecer controle sobre petróleo sírio
    Sem Mossul, Daesh deve intensificar tráfico de petróleo, ópio e seres humanos
    Terroristas do Daesh ganham dinheiro através de cassinos on-line, diz enviado russo da ONU
    'Criptocrime': americana usa bitcoin para lavar dinheiro para o Daesh
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik