00:29 06 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    211
    Nos siga no

    A ex-ministra catalã Clara Ponsati, acusada pela Espanha de rebelião por conta de sua atuação no movimento de independência da Catalunha, se entregou em uma delegacia na Escócia nesta quarta-feira (28) e disse ser alvo de perseguição política.

    Ponsati é professora da Universidade de St. Andrews na Escócia e pedirá fiança e audiência completa por conta das acusações de que ela tenha utilizado recursos públicos indevidos para organizar um referendo sobre a independência da Catalunha em outubro de 2017.

    "Clara continua confiante e determinada a revidar", disse seu advogado, Aamer Anwar, quando os dois chegaram à delegacia. As informações são da agência Reuters.

    A ex-ministra acredita também que não vai receber um julgamento justo na Espanha.

    Mais:

    Premiê da Escócia diz que não pode proteger ex-ministra da Catalunha
    Ex-presidente da Catalunha é detido na fronteira alemã, diz mídia
    Candidato a governar Catalunha é proibido de deixar prisão pela Justiça da Espanha
    Catalunha continua a desafiar Madri
    Tags:
    Espanha, Catalunha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar