00:51 13 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Oficiais analisam local onde Sergei e Yulia Skripal foram encontrados envenenados.

    Ativista exige que May apresente prova clara para envolvimento da Rússia em envenenamento

    © REUTERS / Peter Nicholls
    Europa
    URL curta
    8130

    Ativista de Salisbury se disse irritada com o fracasso do governo em explicar por que está tão certo sobre quem estava por trás do envenenamento de Sergei Skripal e sua filha em 4 de março.

    "Como você pode acusar a Rússia se não tem provas claras?", Jessica McCarnun gritou para a primeira-ministra.

    Em uma entrevista com a SkyNews, a ativista disse que "as pessoas querem ver evidências" por trás do ataque do agente nervoso.

    "Não é o suficiente — não é como conduzimos assuntos nos nossos tribunais, onde você apresenta provas às pessoas. Precisamos saber por que ela tem tanta certeza de que não foi ela a puxar o gatilho da arma", acrescentou McCarnun.

    Entenda o caso

    Sergei Skripal, ex-coronel da inteligência militar russa que foi recrutado como espião pela Grã-Bretanha e sua filha Yulia, permanecem em estado crítico no hospital depois que foram encontrados inconscientes em Salisbury, no dia 4 de março.

    A primeira-ministra Theresa May acusou a Rússia dizendo que era "altamente provável" que os Skripals tivessem sido envenenados por uma neurotoxina da classe Novichok de classe militar desenvolvido na União Soviética.

    Na quarta-feira, May ordenou a expulsão de 23 diplomatas russos, cancelou uma visita planejada a Londres pelo ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e suspendeu outros contatos bilaterais com Moscou. 

    A Rússia, que nega fortemente qualquer envolvimento no envenenamento dos Skripals, respondeu de maneira recíproca, expulsando 23 diplomatas britânicos. Moscou também anunciou planos para abrir um escritório consulado britânico em São Petersburgo e suspendeu o trabalho do British Council na Rússia.

    Mais:

    EUA acusam Rússia na ONU por ataque a ex-espião
    'História impossível': por que acusação sobre Moscou ter envenenado ex-espião é infundada?
    Moscou qualifica acusações de envenenamento de ex-espião russo como propaganda
    Tags:
    Sky News, Jessica McCarnun, Yulia Skripal, Sergei Skripal, Grã-Bretanha, União Soviética, Reino Unido, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik