01:28 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Bandeiras da União Europeia refletidas na entrada do Edifício Berlaymont, sede da Comissão Europeia, em Bruxelas

    Presidente da Suíça pede por referendo que 'esclareça' o relacionamento do país com a UE

    © AFP 2019 / GEORGES GOBET
    Europa
    URL curta
    130
    Nos siga no

    Um "referendo fundamental" ajudaria a Suíça a esclarecer seu relacionamento com a União Europeia, afirmou a presidente suíça Doris Leuthard neste domingo, véspera de Natal.

    "O caminho bilateral é importante. […] Precisamos saber em que direção ir ", disse Leuthard ao jornal Sonntags Blick.

    Votação na Suíça
    © AFP 2019 / FABRICE COFFRINI
    As relações entre os suíços, que não pertencem à União Europeia, e Bruxelas se tornaram mais intensas após o início da negociação britânica pela saída do bloco.

    Procurando diversificar parcerias comerciais diplomáticas, a UE trabalha desde novembro para substituir os mais de 100 acordos bilaterais que regem a relação com Berna por um texto único. O novo acordo garantiria a adoção de leis relevantes do bloco pela Suíça em troca de um maior acesso ao mercado único do bloco, crucial para as exportações suíças.

    No início da semana, porém, a UE concedeu acesso apenas limitado às bolsas de valores suíças ao bloco. A Suíça criticou o movimento como discriminação e prometeu adotar medidas de retaliação.

    Se aprovado, um acordo precisaria ser avalizado, Partido Popular da Suíça (SVP), que são anti-União Europeia e atualmente a maior força do Parlamento local.

    Tags:
    Sonntags Blick, Parlamento da Suíça, Partido Popular da Suíça, União Europeia, Doris Leuthard, Berna, Suíça, Bruxelas, Europa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar