06:05 23 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Soldados do exército da Ucrânia em tanques na cidade de Mariupol

    A quem Ucrânia vende as armas herdadas da URSS?

    © AP Photo/ Sergei Grits
    Europa
    URL curta
    31379141

    Kiev herdou enormes reservas de armas após o colapso da União Soviética e vendeu-as todas em menos de 25 anos, declarou o diretor do Centro de Análise do Comércio Mundial de Armas da Rússia, Igor Korotchenko, ao canal de televisão russo Zvezda.

    "Depois de obter a independência, em um quarto de século a Ucrânia acabou com todas as reservas militares que herdara da União Soviética. O país tinha três grandes distritos militares: o de Odessa, o dos Cárpatos e o de Kiev […] É por isso que hoje não têm armas para combater", disse o especialista.

    De acordo com Korotchenko, no início da década de 1990, a Ucrânia ganhou grande fama nos mercados internacionais de armamentos.

    Todas suas reservas de armas foram criadas pela URSS para que o país pudesse formar exércitos de tanques no caso de uma guerra contra a OTAN.

    "Claro que os negociantes de armas ucranianos estão por trás de cada grande conflito no Oriente Médio, na orla do Pacífico e na África. Atualmente eles sabem como fornecer armas a qualquer pessoa que possa pagar por elas", disse o especialista.

    Pyotr Poroshenko, presidente da Ucrânia (foto de arquivo)
    © Foto: Serviço de imprensa do presidente da Ucrânia
    De acordo com Korotchenko, os serviços de inteligência, neste caso o Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU, sigla em ucraniano), alguns funcionários governamentais e as pessoas que controlam os armazéns de armas ou realizam fornecimentos colaboram entre si para esconder essas vendas.

    Recentemente uma série de explosões ocorreu em vários depósitos de armas da Ucrânia. Os especialistas não excluem a possibilidade de que este incidente não se tenha devido nem à negligência dos militares, nem a atos de sabotagem. Segundo o Zvezda, os cientistas políticos acham que os armazéns foram destruídos deliberadamente para esconder o roubo e a venda das armas.

    Mais:

    Para Donetsk, ajuda militar norte-americana incentivará agressão de Kiev em Donbass
    Explosão deixa ao menos um morto no centro de Kiev
    Tags:
    defesa, armas, URSS, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik