10:33 10 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Fábrica de vinhos em Moscou

    A batalha da Lituânia contra a vodca

    © Sputnik / Vladimir Astapkovich
    Europa
    URL curta
    520
    Nos siga no

    Atrás de uma pesada porta de madeira ao lado de uma igreja em Vilnius, algumas dúzias de homens lituanos estão falando sobre sua dependência do álcool. O moderador é Kestutis Dvareckas, um padre que está há uma década sóbrio.

    O pequeno país do Leste Europeu de 2,8 milhões de habitantes lidera o ranking de consumo de álcool da Organização Mundial da Saúde (OMS). Com um consumo per capita médio de 18,2 litros em 2016, o cidadão médio da Lituânia bebe mais que os da Bielorrússia, Moldávia e Rússia.

    "Beber no trabalho era tolerado em várias ocasiões desde a era soviética. Hoje, você ainda vê álcool em batismos e enterros", disse o padre Dvareckas, de 37 anos, à AFP.

    Segundo dados da OMS de 2014, 16,7% dos homens da Lituânia abusam do álcool ou são dependentes da bebida.

    O psicólogo Visvaldas Legkauskas, da Universidade Vytautas Magnus, acredita que o "pessimismo lituano" é em grande parte culpado pela situação.

    "A vida não é tão ruim aqui, mas temos esse traço de caráter e afogamos nossas tristezas no álcool ou cometemos suicídio", disse ele à AFP.

    Mais:

    Vídeo: russos almoçando sem vodka? Olhada na ração das forças especiais russas
    Lituânia está disposta a contabilizar custo da 'ocupação soviética'
    EUA aumentam presença militar na Lituânia para observar exercícios russo-bielorrussos
    Rússia lembra à Lituânia as consequências da instalação de mísseis Patriot
    Opinião: instalação de sistemas Patriot na Lituânia é um sinal hostil para Rússia
    Tags:
    OMS
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar