04:53 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Bandeiras da Rússia e da UE

    Estônia tem que explicar ao Conselho da Europa por que não deixa entrar jornalistas russos

    © Sputnik / Vladimir Sergeev
    Europa
    URL curta
    133
    Nos siga no

    O secretário-geral da Federação Europeia de Jornalistas, Ricardo Gutiérrez, condena o fato de a presidência estoniana da UE não ter permitido aos jornalistas da Sputnik cobrir o encontro informal de chanceleres de 28 países-membros da União.

    O encontro em questão decorrerá em Tallinn entre 7 e 8 de setembro.

    Três correspondentes da Sputnik não receberam acreditação sem ter havido explicação dos motivos. Foi a primeira vez que a Sputnik enfrentou tais obstáculos para participar de eventos de alto nível sob a égide da União Europeia.

    "É um ataque sério à liberdade da imprensa", disse Ricardo Gutiérrez à Sputnik.

    "A Federação Europeia de Jornalistas e a Federação Internacional de Jornalistas decidiram divulgar sua mensagem sobre o caso [de violação da liberdade da imprensa] na plataforma on-line do Conselho Europeu para a defesa do jornalismo", disse Gutiérrez, acrescentando que isto significa que o secretário-geral do Conselho da Europa vai pedir explicações ao governo da Estônia.

    As autoridades dos Países Bálticos, tendo como fundo as declarações sobre a luta contra "a propaganda russa", criam obstáculos ao trabalho da mídia russa.

    No dia 12 de abril de 2017, o operador de câmera russo do canal REN TV Ilia Omelchenko também não conseguiu entrar na Estônia sob um pretexto bastante estranho. Ele alegadamente não terá apresentado os documentos relativos à atividade necessários para entrar no país.

    Em setembro de 2015, a Estônia não permitiu a entrada no país à funcionária da Sputnik Marina Perekrestova, apesar do fato de os documentos estarem em ordem. Em abril de 2014, a Lituânia recusou acreditação à correspondente especial da Sputnik Irina Pavlova sem explicar as razões.

    Mais:

    Entidade financiada pelo governo americano lança portal para 'vigiar' a Sputnik
    Editora-chefe da Sputnik diz não entender as 'democráticas' recomendações francesas
    Ex-jornalista da Sputnik entra em 'briga' com mídias americanas por calúnia
    Tags:
    imprensa, jornalistas, Conselho Europeu, Estônia, União Europeia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar