15:21 18 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Representantes do Ministério para Situações de Emergência, Abkházia

    Explosão na Abkházia poupou base russa

    © Foto/ EMERCOM of Abkhazia
    Europa
    URL curta
    0 16
    Nos siga no

    Duas turistas russas morreram devido à explosão em um depósito de armas na base militar, dezenas de turistas ficaram feridos, informou o Ministério para Situações de Emergência da Abkházia.

    A explosão ocorreu na quarta-feira (2) na instalação de armazenamento do Ministério da Defesa da Rússia no povoado turístico de Primorskoe. Segundo os dados oficiais, 60 pessoas ficaram feridas, incluindo duas crianças, a maioria sofreu ferimentos ligeiros e moderados e não está em perigo de vida. Foram feridos também quatro socorristas. 

    Entre as vítimas estão 35 cidadãos da Rússia, 27 deles foram internados. Duas turistas russas de São Petersburgo morreram. 

    O Comitê de Investigação está a apurar as razões do incidente.

    As autoridades da Abkházia prometeram pagar compensações a todas as vítimas do explosão na instalação de armazenamento, incluindo aos cidadãos russos. O presidente Raul Khadzhimba deu ordem de criar a comissão para determinar  o valor das indenizações.

    O serviço de imprensa do Distrito Militar do Sul declarou que as instalações da base militar russa não foram danificadas. 

    O chefe da base, Igor Egorov, informou que os militares russos estão prontos para ajudar as autoridades da Abkházia a lidar com consequências do acidente.

    "Chegamos ao local com os representantes do Ministério da Defesa da Abkházia para ajudar a lidar com consequências da explosão. Temos três veículos blindados, se tivermos de evacuar as pessoas, bombeiros, ambulâncias e um drone para recolher dados de inteligência. Estes estão sendo decifrados, em breve saberemos as razões exatas da explosão no armazém", disse Egorov à Sputnik.

    Mais:

    Unidades da Defesa Antiaérea da Rússia realizam treinamentos na Abkházia
    Rússia nega acusações de que estaria construindo campo militar de tiro na Abkházia
    Abkházia não pretende se tornar região da Rússia
    Tags:
    incidente, vítimas, base militar, explosão, Ministério da Defesa, Ministério para Situações de Emergência, Rússia, Abkházia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar