14:25 31 Março 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    2028
    Nos siga no

    O Ministro das Relações Exteriores do Reino Unido Boris Johnson afirmou que a União Europeia deve pagar a Grã-Bretanha pelo Brexit, e não o contrário.

    Bruxelas afirma que antes de negociar os termos da saída da Grã-Bretanha, os britânicos devem resolver suas pendências financeiras com o bloco, que podem chegar até 100 bilhões de euros. O chanceler discorda do cálculo e afirmou que a União Europeia quer “sangrar este país com sua conta”. As afirmações foram feitas em entrevista ao jornal The Telegraph.

    Johnson afirma que o país da rainha Elizabeth II têm tantos ativos na União Europeia que o bloco pode ter que, na verdade, pagar o Reino Unido quando este concretizar sua saída.

    "Bruxelas é implacável em suas técnicas de negociação, eles vão jogar sujo, temos que ser muito cautelosos e intelectualmente muito firmes", disse o ex-prefeito de Londres.

    O chanceler ainda apontou que existe uma “possibilidade realista” da Rússia tentar interferir nas eleições britânicas do próximo mês. Para ele, Putin intercedeu na eleição de Donald Trump nos Estados Unidos e quer "minar completamente a fé na democracia e desacreditar todo o processo democrático".

    Mais:

    Jornal: Brexit vai tornar 1.000 milionários britânicos ainda mais ricos
    Irlanda pode fechar 40 mil postos de trabalho após Brexit
    Brexit levou Tony Blair a voltar à política
    Parlamento Europeu diz que Brexit pode ser revogado
    Tags:
    Brexit, Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido, União Europeia, Donald Trump, Vladimir Putin, Boris Johnson
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar