00:26 20 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Ônibus do Borrusia Dortmund atingido por uma explosão nesta terça-feira, 11 de abril de 2017

    Dortmund: polícia confirma que ônibus do Borussia era mesmo alvo do ataque

    © AP Photo/ Martin Meissner
    Europa
    URL curta
    110

    Fontes da polícia citadas pela mídia alemã disseram que as explosões que ocorreram perto de um ônibus do Borussia Dormund nesta tarde foram parte de um ataque direto ao clube de futebol.

    A promotoria informou que uma carta foi encontrada perto do local do incidente. Embora não tenham sido fornecidos detalhes sobre o conteúdo do documento, as autoridades anunciaram que o autor do mesmo reivindicou a responsabilidade pelo ataque.

    Ao todo, três explosões foram ouvidas nesta terça-feira na cidade de Dortmund, onde a equipe local enfrentaria o Monaco pelas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, partida que foi adiada para amanhã. Pelo menos uma das explosões atingiu o veículo que transportava os jogadores do Borussia, ferindo o zagueiro Marc Bartra, que precisou passar por uma cirurgia no pulso. 

    Por meio de nota, o presidente da FIFA, Gianni Infantino, lamentou o ocorrido, dizendo que está acompanhando os detalhes e desejando uma recuperação rápida ao atleta ferido.

    Essa não é a primeira vez que os fãs do time alemão passam por sustos envolvendo patrimônios do clube nos últimos anos. Em fevereiro de 2015, o Signal Iduna Park precisou ser esvaziado após a descoberta de uma bomba do período da Segunda Guerra Mundial nas dependências do estádio, que tem a melhor média de público do mundo.

    Quatro anos antes, a polícia alemã conseguiu impedir um ataque terrorista contra esse mesmo estádio, prendendo a tempo um jovem de 25 anos que pretendia realizar um atentado durante um jogo contra o Hannover, pelo Campeonato Alemão. 

    No que diz respeito ao futebol alemão, também houve um triste episódio envolvendo a seleção nacional no final de 2015. A Alemanha era a adversária da França em um amistoso no Stade de France que ficou marcado por um grande ataque terrorista realizado perto do estádio e também em outras partes de Paris e Saint-Dénis, no qual morreram 137 pessoas.

    Mais:

    Explosão ocorre perto do Stade de France
    Acidente em estádio de futebol deixa pelo menos 17 mortos em Angola
    Estado Islâmico explode estádio olímpico no Iraque
    Tags:
    Borussia Dortmund, FIFA, Marc Bartra, Gianni Infantino, Dortmund, Alemanha, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik