07:06 18 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Serviços de emergência no local de acidente no centro de Estocolmo, 7 de abril de 2017

    Homem detido em Estocolmo por suspeita de atropelar multidão é natural do Uzbequistão

    © AFP 2018/ Jonathan NACKSTRAND
    Europa
    URL curta
    0 10

    Polícia sueca informou que homem detido ontem tem 39 anos e nacionalidade uzbeque.

    Na sexta-feira, um caminhão atingiu uma multidão de pedestres no centro da cidade de Estocolmo. Quatro pessoas morreram no incidente, 15 ficaram feridas. O primeiro-ministro sueco, Stefan Lofven, qualificou o incidente como atentado terrorista.

    Até agora, a polícia prendeu dois homens por suspeita de estarem envolvidos no ataque. O primeiro suspeito é um natural do Uzbequistão de 39 anos, residente na Suécia.

    O homem tinha supostamente postado propaganda relacionada ao Daesh (grupo terrorista, proibido na Rússia) na sua página do Facebook.

    No entanto, a mulher com quem ele morava disse, citada pelo jornal Dagens Nyheter, que conhece o homem como trabalhador diligente e não como fanático religioso.

    "Confirmamos que se trata de um homem de 39 anos de idade, do Uzbequistão. Não temos dúvidas de que detivemos a pessoa certa", disse o chefe da polícia, Dan Eliasson, a jornalistas.

    Caminhão atropela multidão em Estocolmo
    © REUTERS/ TT Agência de Notícias/Andreas Schyma
    Anders Thornberg, chefe do Serviço de Segurança sueco, afirmou que "o suspeito não aparece em nossos arquivos recentes, mas ele anteriormente fez parte de nossos arquivos."

    A polícia sueca também informou ter encontrado um dispositivo suspeito no assento do motorista do caminhão, mas não confirmou que fosse uma bomba.

    Não está claro ainda se mais pessoas estiveram envolvidas no atentado.

    O ataque em Estocolmo "tem claras semelhanças" com um incidente em Londres, destaca a polícia.

    Mais:

    Brasil condena atentado em Estocolmo
    Três homens abriram fogo após o caminhão ter atropelado a multidão em Estocolmo
    Atentado terrorista em Estocolmo: confira o mapa
    Tags:
    caminhão, pedestres, atropelamento, Estocolmo, Suécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik