07:00 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    11826
    Nos siga no

    O embaixador da Rússia na Bielorrússia, Aleksandr Surikov, expressou a sua preocupação com a atividade dos países ocidentais em Minsk em uma entrevista à Sputnik. Segundo ele, essa atividade é voltada contra a Rússia.

    "Tudo o que diz respeito às ações do Ocidente no flanco ucraniano e no flanco bielorrusso são ações anti-russas. E entendemos que os próximos esforços serão (e já foram) dirigidos à Bielorrússia", disse Surikov à Sputnik Bielorrússia.

    De acordo com o diplomata, os países do Ocidente "não serão capazes de separar a Rússia e a Bielorrússia".

    "A própria Bielorrússia não está pronta a cair nos braços do Ocidente, pondo fim a todas as relações econômicas [com a Rússia]", disse ele.

    No que se refere à disputa de petróleo e gás entre a Rússia e Bielorrússia, Surikov expressou a confiança que os lados chegarão em breve a um compromisso e que o encontro próximo dos líderes de dois países vai mostrar quem dará o primeiro passo. Como foi dito anteriormente, o encontro de Vladimir Putin e o seu homólogo bielorrusso Aleksandr Lukashenko está planejado para hoje, 3 de abril.

    Mais:

    Rússia e Bielorrússia farão voo de reconhecimento sobre a Polônia
    'Bielorrússia trava jogo muito perigoso com EUA' em cenário parecido ao ucraniano
    Bielorrússia exige que OTAN tenha acesso aos seus exercícios militares com Rússia
    Tags:
    laços comerciais, gás, petróleo, Aleksander Lukashenko, Vladimir Putin, Bielorrússia, UE, União Europeia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar