16:03 20 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    A líder da Frente Nacional francesa, Marine Le Pen, e o líder do Partido da Liberdade, Geert Wilders, tiram uma selfie durante uma reunião de líderes de extrema-direita europeia, Coblença, Alemanha, 21 de janeiro de 2017

    'Temporada de eleições' na Europa é iniciada hoje pela Holanda

    © REUTERS / Wolfgang Rattay
    Europa
    URL curta
    321

    As zonas de votação abriram suas portas na Holanda para eleição dos deputados da câmara baixa do Parlamento, informa a agência Reuters.

    A câmara baixa dos Estados Gerais possui 150 assentos, onde quem senta neles permanece na função por 4 anos. É a câmara baixa que tem o direito de iniciativa legislativa e de fazer emendas.   

    Líderes da corrida eleitoral

    As eleições parlamentares na Holanda demostram o triunfo do pluralismo. 28 partidos lutam pelos mandatos de deputados do país possuidor de uma população de 17 milhões. A maioria dos participantes não tem ambições sérias, enquanto há somente dois pretendentes à vitória: Partido da Liberdade liderado por Geert Wilders e Partido Popular da Liberdade e Democracia do primeiro-ministro atual Mark Rutte.

    Trunfo da direita

    A postura irreconciliável de Geert Wilders sobre refugiados levou seu partido à popularidade. Wilders defende expulsão de marroquinos e turcos do país e assume uma posição de oposição ao islã. Além disso, Wilders é um eurocético convencido e usa Brexit como um pretexto para atacar Bruxelas, prometendo realizar um referendo parecido na Holanda (Nexit).

    Não só migrantes

    Entretanto, não só a migração interessa os holandeses – a prioridade para eles é a economia. Neste campo, o primeiro-ministro atual tem uma grande vantagem já que a Holanda, tanto como a Alemanha tem grandes lucros a partir da presença na União Europeia

    Mais do que isso, mesmo tendo vencido, Wilders não tem chances de criar uma coalizão no Parlamento, o que beneficia seu adversário Rutte, pois ele sim possui influência lá dentro.

    Os primeiros dados oficiais sobre os resultados serão divulgados às 21h00 (17h00, horário de Brasília).

    Mais:

    Turquia e Holanda em rota de colisão diplomática
    Mídia: Holanda discute saída da zona euro
    Acordo de associação entre UE e Ucrânia tem uma Holanda no meio do caminho
    Tags:
    eurocéticos, eleições parlamentares, Brexit, Mark Rutte, Geert Wilders, União Europeia, Holanda
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar