09:21 16 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Nacionalistas ucranianos celebram o terceiro aniversário do início dos protestos do Maidan, que, através de violentos combates às forças governamentais, foram responsáveis pela mudança do poder na Ucrânia

    Oh não! Outra vez! - Manifestantes querem bloquear Donbass

    © Sputnik / Aleksei Vovk
    Europa
    URL curta
    Bloqueio de Donbass (19)
    227

    Uma manifestação de várias centenas de pessoas exigindo o bloqueio comercial das repúblicas autoproclamadas de Lugansk e Donetsk se iniciou na terça (21) frente ao prédio do Parlamento ucraniano (Rada). Os manifestantes estão exigindo a instauração oficial de um bloqueio às duas regiões, comunicou o correspondente da Sputnik.

    No fim de janeiro, um grupo de antigos participantes da operação em Donbass, entre os quais vários deputados do Parlamento ucraniano, bloqueou uma série de ferrovias para acabar com as conexões com o território de Donbass. 

    O bloqueio levou à suspensão dos fornecimentos de carvão antracito que é extraído nos territórios de Donbass, não controlados por Kiev.  Devido a esta situação, as autoridades da Ucrânia tiveram que introduzir medidas urgentes no setor energético para economizar recursos.

    Participam da manifestação integrantes da Organização dos Nacionalistas Ucranianos (proibida na Rússia), do partido Ukrop, bem como combatentes de batalhões voluntários paramilitares. Os manifestantes que estão falando do palco, instalado perto do Parlamento, exigem o fim de todos os laços comerciais com as regiões orientais do país (Donbass). 

    Várias centenas de policiais estão presentes no local, a situação é tranquila. 

    Além disso, várias dezenas de pessoas estão participando das ações dedicadas ao terceiro aniversário da morte de ativistas e policiais durante as desordens de Maidan (praça da Independência) em 2014. As pessoas se concentram na praça principal da capital ucraniana. 

    As autoridades ucranianas criticaram as iniciativas dos organizadores do bloqueio, acrescentando que os fornecimentos de carvão são legítimos porque todas as empresas que extraem carvão estão pagando impostos para o orçamento da Ucrânia. 

    Tema:
    Bloqueio de Donbass (19)

    Mais:

    OSCE: 'Número de violações à trégua em Donbass é inadmissivelmente alto'
    Milícias de Lugansk: militares ucranianos ocupam casas de civis em Donbass
    Tags:
    manifestantes, combatentes, iniciativa, radicais, bloqueio, ações, manifestação, polícia, Parlamento, Lugansk, Donetsk, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar