18:38 17 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Bombeiros controlam incêndio na Ilha da Madeira, em Portugal

    Homem que incendiou cidade na Madeira recebe 3 anos de prisão

    © AP Photo/ Sergio Azenha
    Europa
    URL curta
    0 16710

    O homem, de 50 anos, acusado de ter causado o incêndio na freguesia de Camacha, na Ilha da Madeira, foi condenado hoje (17) a uma pena de três anos de prisão.

    O incêndio ocorreu na Madeira em agosto de 2016 perto da capital, Funchal.

    Segundo é informado, o homem terá uma pena mais grave, já que foi declarado culpado de crime de incêndio florestal e também de três homicídios.

    O juiz presidente do coletivo, Filipe Câmara, declarou que o homem culpado "assumiu quase na íntegra os factos".

    Segundo o tribunal, em 12 de agosto de 2016 o homem, em estado de embriaguez, decidiu atear fogo na área onde morava, na freguesia de Camacha.

    Ainda de acordo com o juiz, o fogo se propagou com rapidez e não atingiu maiores proporções só graças à intervenção oportuna dos bombeiros.

    Os fogos florestais na Ilha da Madeira foram os maiores dos últimos anos e atingiram uma área total de seis mil hectares, provocando três mortos e deixando dezenas de pessoas sem teto. Os danos materiais se estimam em mais de 160 milhões de dólares.

    Mais:

    Bombeiros controlam incêndio na Ilha da Madeira, em Portugal
    Portugal em chamas: Fogo atinge centro de Funchal na Madeira, moradores fogem para a costa
    Tags:
    homem, prisão, incêndio, Ilha da Madeira
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik