09:25 18 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    6101
    Nos siga no

    Consórcio governamental ucraniano Ukroboronprom está comprando motores russos para seu equipamento militar através de filiais estrangeiras, comunicam jornalistas.

    Em 2014, o presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, proibiu a realização da qualquer cooperação técnico-militar com a Rússia. 

    Mas de vez em quando na mídia surgem informações sobre compras do equipamento militar russo por Kiev. 

    Assim, no fim de 2016, jornalistas ucranianos informaram que a empresa Ukrinmash (que faz parte da Ukroboronprom) comprou chassis munidos para equipamento militar e motores para veículos blindados BTR-70 através de intermediários da Grã-Bretanha. 

    Os jornalistas e apresentadores investigadores do programa de televisão Sledstvie.info revelaram o esquema, onde participam quatro agentes econômicos.

    ​Para não comprar motores de modo direto da Rússia, uma filial da Ukroboronprom os comprou através de empresas-intermediárias da Moldávia (país do leste europeu). 

    Foi dessa forma que a empresa da Moldávia comprou 20 motores da fábrica russa Kamaz, que os transportou para as terras moldavas. Depois de alguns dias, a empresa moldávio-ucraniana revendeu os motores russos para a empresa Avtopresent, que, por sua vez, revendeu-os para uma empresa alemã que realizou o transporte dos mesmos para a Ucrânia.  

    Mais:

    Rússia continuará reforçando suas tropas no sul do país devido à instabilidade na Ucrânia
    Deputado ucraniano diz que Ucrânia superou Rússia na produção dos mísseis e causa sarcasmo
    Tags:
    veículo, motores, equipamento militar, esquema, empresa, compra, cooperação, Moldávia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar