22:12 10 Dezembro 2016
Ouvir Rádio
    Lutz Bachmann, líder do movimento Pegida

    Líder de grupo da extrema-direita Pegida é multado na Alemanha

    © AFP 2016/ Jens Schlueter / POOL
    Europa
    URL curta
    232613

    Lutz Bachmann, líder do movimento de extrema-direita Pegida, foi condenado por uma corte de Dresden, na Alemanha, a pagar uma multa por incitar o ódio contra estrangeiros.

    De acordo com a justiça, o líder do grupo que prega a resistência contra a imigração islâmica na Europa foi multado em 9.600 euros, por ter se referido aos imigrantes como "gado", "lixo" e "bando sujo" em um post no Facebook há um ano.

    Originalmente, a multa havia sido aplicada a Bachman em maio deste ano, mas tanto os seus advogados como os promotores recorreram da decisão. Enquanto a acusação pedia uma prisão de sete meses, a defesa queria que ele fosse considerado inocente. Nesta quarta-feira, no entanto, as duas partes desistiram de suas apelações após recomendação do juiz no caso. 

    Criado em Dresden em 2014, o Pegida (Patriotische Europäer gegen die Islamisierung des Abendlandes), Europeus Patriotas contra a Islamização do Ocidente, possui ramificações em diversos países da Europa. 

    Mais:

    Alemanha descobre terrorista trabalhando em seu serviço de inteligência
    Alemanha investiga influência nazista no governo após 1945
    Refugiados afegãos são atacados por neonazista em pista de esqui da Alemanha
    Tags:
    extrema direita, xenofobia, imigração, Pegida, Lutz Bachmann, Europa, Alemanha, Dresden
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Em foco