05:16 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Conflito armado na República autoproclamada da Transnístria

    República autoproclamada da Transnístria reafirma vontade de aderir à Rússia

    © Sputnik / В. Чистяков
    Europa
    URL curta
    7331

    A autoproclamada República Moldava da Transnístria planeja defender sua independência da Moldávia e continuar tendo como objetivo aderir à Rússia, disse o presidente da República, Yevgeny Shevchuk, no sábado (19).

    "A postura do presidente se baseia na vontade do povo e na Constituição atual. Ela é a seguinte: independência [da Moldávia] e adesão à Rússia como o destino da Transnístria", disse Shevchuk em um discurso transmitido pela televisão.

    Segundo disse Shevchuk, após as recentes presidenciais a Moldávia começou lançando iniciativas para mudar o estatuto da Transnístria e tornar a Moldávia em um Estado federativo.

    A Transnístria, uma região predominantemente povoada por russos e ucranianos étnicos, se separou da República Soviética da Moldávia em 1990, receando que o país tentasse se reunificar com o país vizinho, a Romênia. Este passo provocou uma guerra, que terminou após ter sido declarado o cessar-fogo em julho de 1992, mas o conflito ficou pendente. Forças pacificadoras russas têm vigiado a observação da paz na região junto com seus colegas moldavos e transnistrianos.

    Na segunda-feira passada (14), a Comissão Central Eleitoral moldava comunicou que o líder do Partido Socialista Igor Dodon, considerado pró-russo, tinha vencido as eleições presidenciais ao ganhar 52,12% dos votos no segundo turno.

    Mais:

    WSJ: Rússia ganha novos aliados após resultados das eleições em Moldávia e Bulgária
    Socialista Igor Dodon declara vitória na eleição presidencial da Moldávia
    Rússia substitui equipamento blindado na Transnístria
    Tags:
    novo governo, eleições presidenciais, cessar-fogo, reunificação, independência, conflito congelado, Moldávia, Rússia, Transnístria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik