08:26 25 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Pyotr Poroshenko participa de uma reunião do Clube de Imprensa em Tóquio, Japão, em 6 de abril de 2016

    Poroshenko fica sem convite para inauguração de Trump

    © AFP 2018 / Toru Yamanaka
    Europa
    URL curta
    16131

    Presidente ucraniano vira alvo de chacota por não participar da inauguração do presidente eleito dos EUA Donald Trump.

    A edição ucraniana Vesti informou na noite de sexta-feira (18) que o líder ucraniano, Pyotr Poroshenko, não foi convidado a participar da cerimônia de inauguração de Donald Trump, que está marcada para 20 de janeiro de 2017.

    De acordo com as palavras do embaixador ucraniano nos EUA, Valery Chaly, citado pela agência ucraniana UNIAN, nos Estados Unidos os líderes de outros países não participam das cerimônias deste tipo.

    "Elas, em geral, decorrem a nível de embaixadores, que estão presentes nestes eventos", adicionou Valery Chaly.

    Anteriormente o embaixador ucraniano havia declarado que iria trabalhar para organizar a visita de Poroshenko aos EUA em fevereiro de 2017.

    No entanto, os usuários das redes sociais logo começaram a rir do fato de que o presidente ucraniano não tinha sido convidado.

    "Agora Tsegolko [porta-voz de Poroshenko] terá que declarar que o presidente está ocupado com questões da defesa da Europa contra a invasão russa, por isso ele não tem tempo para assistir a festas fora da União Europeia…", escreve o jornalista Dmitry Gorokhovsky na sua página do Facebook.

    "É a cara de Poroshenko, ele está chorando. Não foi convidado à inauguração de Trump… Bravo Trump!"

    ​Mais cedo, Poroshenko e Trump combinaram continuar os contatos e realizar um encontro bilateral.

    Mais:

    Conselho Europeu diz que é necessário cooperar com Trump sobre Ucrânia
    Bloomberg: vida da Ucrânia será difícil sem Tio Sam e 'tio Joe' Biden
    Politico: Ucrânia teme que os EUA se esqueçam dela depois da eleição de Trump
    Tags:
    inauguração, convite, presidente, Donald Trump, Pyotr Poroshenko, EUA, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik