11:19 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Caça russo MiG-29

    6 MiG-29: Rússia 'oferece' à Sérvia material militar no valor de 80 milhões de dólares?

    © Sputnik/ Sergey Pivovarov
    Europa
    URL curta
    5182

    As autoridades da Rússia expressaram sua disponibilidade para entregar seis aviões MiG-29 e algumas unidades de blindados à Sérvia, na condição de Belgrado pagar pela reparação dos caças, comunicou o jornal Vechernie Novosti na sexta-feira (11), citando fonte do governo sérvio.

    Segundo dados do jornal, a questão da transferência do material militar foi discutida a portas fechadas durante a 15ª sessão do Comitê Intergovernamental de cooperação econômica, comercial, técnica e científica, realizada em Suzdal.

    Comentando este comunicado à Sputnik Sérvia, o presidente Tomislav Nikolic afirmou:

    "Isso é um sinal sincero de cooperação, confiança e amizade. A Sérvia tem hoje amigos que não se envergonham de ajudá-la. A Sérvia tem amigos com os quais ela não se envergonha de cooperar. A Sérvia quer fazer amizade com todos no mundo e não vai ajudar ninguém a odiar o outro. Não vamos atacar ninguém, mas vamos proteger a nossa Pátria e o nosso povo."

    Os críticos da cooperação técnica e militar entre Moscou e Belgrado perguntaram imediatamente se a Sérvia conseguiria pagar pela reparação e se estes gastos eram justificáveis?

    Por sua vez, os analistas apontam que esta transação com a Rússia seria um epílogo aos muitos anos de tentativas do país para renovar completamente a composição de sua Força Aérea. As aeronaves militares sérvias estão se tornando obsoletas – o período de vida útil dos aviões MiG terminará em 2018-2019. O observador militar do jornal Politika, Miroslav Lazanski, pensa que não há nada a discutir: em tais condições a transação é mais do que vantajosa.

    É necessário ter em conta o estado atual do exército sérvio. Se alguém nos oferecer duas espingardas e metade de um canhão, isso já seria muito para nós. É muito bom que recebamos os aviões MiG, porque assim os nossos pilotos continuarão seus treinamentos em aviões da mesma geração. Assim, não perderemos os pilotos experientes, o que seria muito difícil de compensar.

    "Claro que esta quantidade de aviões seria insuficiente para conduzir uma guerra, mas é o suficiente para controlar o espaço aéreo e para manter a paridade com países vizinhos", disse Lazanski à Sputnik Sérvia.

    Segundo as palavras de Lazanski, os seis novos MiG e os quatro já existentes ainda não é uma esquadra, mas é melhor do que o que temos agora.

    "Estes aviões ainda poderão ser usados durante muitos anos e poderiam custar mais do que 100 milhões de dólares. Mas assim nós vamos recebe-los por 20 milhões de dólares, incluindo o preço da manutenção que a Rússia indicou. Isso significa que a Rússia planeja oferecer à Sérvia cerca de 80 milhões de dólares, ou mesmo mais", acrescenta o especialista.

    Na 15ª sessão do Comitê Intergovernamental foi discutida a possibilidade de comprar o sistema de defesa antiaérea Buk, mas Belgrado declarou que não dispõe desses fundos (segundo algumas estimativas – cerca de 60 milhões de dólares).

    "O Buk não é barato, mas é mais barato do que o S-300. Ele seria muito bom pela compatibilidade com os sistemas antiaéreos Kub e Neva de que nós dispomos. Assim, a Sérvia receberia um sistema de defesa antiaérea completo. Mas não estou seguro que tenhamos esse dinheiro e que os russos nos queiram oferecer o Buk. Realmente, esta saga sobre a compra de armamento russo já dura há três anos, durante algum tempo não sabíamos o que queríamos, depois receávamos pedir algo aos russos para que nos vendessem, mas depois que o medo desapareceu, surgiram obstáculos por causa do Fundo Monetário Internacional (FMI). Devido a tudo isso, se nós recebermos pelo menos metade daquilo que se fala, eu ficarei muito feliz", concluiu Lazanski.

    Mais:

    Países estrangeiros querem comprar novos caças russos MiG-35
    Imagens do caça MiG-29 Dogfight (VÍDEO)
    Veja reabastecimento de caça MiG-31 à velocidade de 500 km/h (VÍDEO)
    Rússia realizara testes de caças MiG-35 ainda neste verão
    MiG-23 sofre acidente na Líbia por problemas técnicos
    Caças russos MiG-31 simulam ataque aéreo mostrando capacidade operacional
    Tags:
    cooperação comercial, cooperação científica, caças russos, equipamento militar, cooperação econômica, sistema de defesa antiaérea, MiG-29, Buk, Sputnik, Tomislav Nikolic, Belgrado, Sérvia, Moscou, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik