07:03 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Barack Obama, presidente dos EUA

    Atenas considera próxima visita de Obama acontecimento de escala mundial

    © AP Photo / Susan Walsh
    Europa
    URL curta
    301
    Nos siga no

    A próxima visita de 15 e 16 de novembro do presidente dos EUA Obama a Atenas é um acontecimento muito importante tanto para a Grécia como para toda a Europa e vai significar o apoio à Grécia, declarou o representante do governo grego aos jornalistas na véspera da visita Em Atenas, Obama é visto como um 'amigo da Grécia' e um político progressista.

    Prestes a deixar o cargo de presidente, Obama vai realizar o último tour pela Europa, durante qual visitará a Grécia e a Alemanha. Depois seguirá para o Peru, onde se realizará a cúpula de APEC (Cooperação Econômica Ásia-Pacífico).

    É a quarta visita de um presidente dos EUA à Grécia em toda a história e a primeira em 17 anos – antes Bill Clinton esteve em Atenas em 17 de novembro de 1999.

    Obama planeja encontrar-se com o presidente da Grécia, Prokopis Pavlopoulos, e o primeiro-ministro, Alexis Tsipras, estando previstas negociações entre as delegações governamentais. Espera-se que em foco da visita sejam os assuntos da redução da dívida grega, o programa econômico do governo grego, a questão cipriota e a crise migratória. Od investimentos americanos também estão na agenda. Espera-se que Obama aponte a contribuição da Grécia moderna, país onde nasceu a democracia, para a sua consolidação.

    Segundo a opinião de diferentes observadores e políticos oposicionistas, a derrota do Partido Democrata nas eleições nos EUA diminuiu o papel da próxima visita e tornou-o quase numa viagem turística, porque é pouco provável que o presidente eleito dos EUA, Donald Trump, continue conduzir a mesma política.

    "A visita de Obama é um acontecimento de escala mundial, os que tentam diminuir o seu significado se comprometem si próprios. Este evento tem grande importância tanto para o país como para a Europa", disse o representante do gabinete de ministros.

    "Sabe-se que os EUA, especialmente Obama, apoiam a posição da Grécia em diversos assuntos cruciais. Entre eles, a redução da dúvida grega como passo para a transição para uma época de prosperidade e desenvolvimento", explicou o deputado.

    Além disso, segundo as suas palavras, na regulação da questão cipriota,  pela primeira vez em muitos anos, se conseguiu criar a base para que todas as partes se reúnam e encontrem uma solução justa e estável para este problema.

    A visita está ligada ao tema da segurança na região. O governo pensa que a Grécia, graças à política exterior muito diversificada, conseguiu desempenhar um papel importante na comunidade internacional para resistir aos desafios e reconstruir a paz e estabilidade na região.

    Mais:

    Obama recebe Trump na Casa Branca
    'Legado' de Obama: quais os problemas que o novo presidente terá que resolver?
    Crise migratória: 2016 registra maior número de mortes na história do Mediterrâneo
    Tags:
    paz, desenvolvimento sustentável, visita oficial, crise migratória, dívida grega, cúpula, APEC, Alexis Tsipras, Prokopis Pavlopoulos, Barack Obama, Atenas, Grécia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar