14:43 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Membros do Regimento Azov, em Mariupol.

    Radicais ucranianos se aproximam da fronteira com Donbass

    © AFP 2019 / Genya Savilov
    Europa
    URL curta
    26312
    Nos siga no

    Militantes dos batalhões nacionalistas ucranianos Aydar, Azov e Pravy Sektor (Setor de Direita, proibido na Rússia) chegaram à cidade de Mariupol, informou o vice-comandante operacional da república de Donetsk, Eduard Basurin.

    De acordo com ele, os militantes vieram de Kiev e Dnepropetrovsk. Devido a este fato é possível a ocorrência de provocações.

    Eduard Basurin também notou que no território da republica popular foram detectados oito morteiros dos militares ucranianos.

    Em 1 de setembro, em Donbass entrou em vigor mais um regime de cessar-fogo. Ele foi aprovado pelas partes durante a reunião do grupo de contato em Minsk que decorreu em 26 de agosto. O cessar-fogo foi planejado para coincidir com o início do ano letivo. Apesar do estado de cessar-fogo, surgiram múltiplos relatos de violações da trégua. Além disso, o grupo de contato para a regularização de situação na Ucrânia assinou em 21 de setembro, em Minsk, um acordo sobre o afastamento das forças militares e armamento das partes em conflito em Donbass. A retirada devia ter começado em 1 de outubro, mas não foi possível completar o processo. Tanto a milícia independentista como os militares ucranianos se acusam mutuamente de violação do regime de cessar-fogo.

    Mais:

    Assassinato de líder independentista em Donetsk pode agravar situação no leste da Ucrânia
    Militares ucranianos atacam no sul da República Popular de Donetsk, hostilidades em curso
    Kiev acorda troca de prisioneiros com Donetsk e Lugansk
    Militares ucranianos tentaram conquistar posições das milícias, diz Donetsk
    Tags:
    tensão militar, Setor de Direita, Azov, Donbass, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar