12:39 02 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    18212
    Nos siga no

    O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, considera necessário prorrogar as atuais sanções impostas pelo Ocidente à Rússia, inclusive por causa da situação na Síria.

    "Até onde vocês sabem, nós prorrogamos as nossas sanções em junho e desde então nada mudou. Na verdade, a situação piorou, se olharmos para o que os russos fazem em Aleppo na Síria" – disse Tusk ao discursar numa conferência em Passau, na Alemanha.

    Ele destacou que "alguns políticos demonstraram um equívoco típico à Europa Ocidental ao convidarem a Rússia para a Síria, para resolver o problema na Síria".

    "Agora nós temos um novo problema. Penso,que eu não preciso descrever em detalhes a situação na Síria. Mas para mim é claro que o único caminho hoje é da prorrogação das sanções contra a Rússia, caso contrário, teremos uma capitulação [da nossa parte]" – explicou o político europeu.

    Em junho, a União Europeia prorrogou suas sanções contra a Rússia até o final de janeiro de 2017.

    Mais:

    EUA continuam 'jogo sujo das sanções' contra Rússia
    Senado dos EUA pensa em introduzir novas sanções contra Rússia
    Parlamento alemão confirma planos de introdução de novas sanções contra Rússia
    Tags:
    sanções, Donald Tusk, Rússia, União Europeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar