08:18 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Ex-primeiro ministro britânico David Cameron

    Ex-premiê britânico David Cameron renuncia ao Parlamento

    © REUTERS / Peter Nicholls
    Europa
    URL curta
    0 21
    Nos siga no

    O ex-primeiro-ministro da Grã-Bretanha, David Cameron, renunciou ao seu assento na Câmara dos Comuns, segundo disse ele à emissora britânica ITV em uma entrevista nesta segunda-feira (12).

    Cameron deixou o cargo de primeiro-ministro em junho, horas depois de a Grã-Bretanha ter votado sim no referendo para sair da União Europeia.

    "Na minha opinião, com a política moderna, com as circunstâncias da minha renúncia, não é realmente possível ser um parlamentar “backbench” [termo que designa os membros do parlamento britânico que não ocupam posições oficiais no governo ou em um partido político de oposição] adequado sendo um ex-primeiro-ministro", disse Cameron.

    "Eu acho que tudo que você [no caso, Cameron] faz se torna uma grande distração e um grande desvio do que o governo precisa fazer para o nosso país", acrescentou o expremiê.

    A renúncia de Cameron do parlamento foi extraordinariamente rápida – ex-primeiros-ministros normalmente retêm seus assentos na Câmara dos Comuns por vários anos depois de deixar a residência oficial em Downing Street.

    Mais:

    Premiê da Hungria, ao comentar Brexit, afirmou não existir um 'povo europeu'
    Processo de Brexit se adiantara até fim de 2019
    Autoridades britânicas seguem sem definição de prazos para o início do Brexit
    Economia do Reino Unido sofrerá queda depois do Brexit
    Tags:
    renuncia, parlamento britânico, Câmara dos Comuns, David Cameron, Grã-Bretanha, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar