00:14 23 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 16
    Nos siga no

    Boris Lozhkin, ex-chefe da Administração do presidente ucraniano e aliado próximo de Porochenko acredita que a equipe do líder ucraniano poderia ter desconsiderado as ameaças relacionadas ao conflito em Donbass para o país.

    Anteriormente, Poroshenko demitiu Lozhkin da chefia da sua Administração, nomeando-o chefe do Conselho Nacional de Investimento.

    Em uma entrevista à revista Novoe Vremya, Lozhkin destacou que Poroshenko tem pontos positivos, tais como erudição e experiência na política interna e externa. Segundo ele, o presidente ucraniano encontra rapidamente a zona problemática mais importante.

    "É difícil falar sobre erros no âmbito de tudo o ocorrido… Entre os erros comuns, eu julgo que, possivelmente, o grau das ameaças, vindas do leste do país, podiria ser subestimado", declarou Lozhkin.

    Entre os problemas enfrentados pela Ucrânia, o aliado do presidente destacou a falta de aumento salarial dos funcionários públicos. "Infelizmente, este assunto ainda não foi resolvido <…> Organizações europeias e vários doadores particulares expressaram vontade de subsidiar dinheiro para aumento salarial", disse Lozhkin.

    Mais:

    Militares ucranianos podem usar uniforme de milícias de Donbass para realizar provocações
    Putin, Merkel e Hollande concordam: é preciso definir um status legal para Donbass
    Ativistas criam rede de acompanhamento do processo de paz em Donbass
    Líder do Cazaquistão diz para Putin que Poroshenko está pronto para acordos sobre Donbass
    Kiev aumenta espionagem aérea sobre Donbass
    Tags:
    tensão política, tensão militar, Pyotr Poroshenko, Kiev, Donbass, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar