23:05 17 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Guarda costeira italiana resgata imigrantes à deriva no Mediterrâneo

    Mais de 2.740 imigrantes morreram tentando chegar à Itália este ano

    © flickr.com / Niklas-B
    Europa
    URL curta
    0 02

    Um relatório da Organização Internacional para as Migrações (OIM), publicado nesta terça-feira (9), revelou que mais de 2.740 imigrantes morreram este ano no Mar Mediterrâneo tentando chegar à Itália, porta de entrada para a Europa.

    O Canal da Sicília, no Mar Mediterrâneo, é conhecido por ser uma das rotas mais mortais do mundo e é um dos principais caminhos usados pelos que querem sair do norte da África em direção à Europa.

    Migrantes e refugiados
    © AP Photo / Manu Brabo
    De acordo com a OIM, entre o início do ano e o último domingo (7), 263.636 imigrantes e refugiados chegaram à Europa por vias marítimas. Mais de 160 mil desembarcaram na Grécia, dos quais 383 morreram no Mediterrâneo tentando chegar ao país.

    O documento revela ainda, que, apenas em julho, 24 mil imigrantes desembarcaram na Itália.

     

     

     

     

     

    Mais:

    Fórum Social Mundial: Legislação para o imigrante é herança da ditadura
    Tags:
    imigrantes, Mediterrâneo, Grécia, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik