14:09 25 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Esportes
    URL curta
    211
    Nos siga no

    O jornalista Rafael Henzel, um dos quatro sobreviventes da tragédia da Chapecoense, em 2016, morreu na noite desta terça-feira (26) após sofrer um infarto enquanto jogava futebol.

    Ele chegou a ser levado ao hospital regional, ainda com sinais vitais, mas não resistiu.

    Henzel tinha 45 anos e trabalhava atualmente na rádio Oeste Capital. O colega de emissora Marcinho San comunicou o falecimento de Henzel em mensagem aos ouvintes.

    "Nosso colega Rafael Henzel veio a falecer na noite desta terça-feira. Ele jogava futebol com amigos e sofreu um infarto fulminante. Foi conduzido ao Hospital Regional de Chapecó, onde foi conformado o falecimento do colega jornalista, narrador, Rafael Henzel", contou.

    ​A Chapecoense publicou uma nota de pesar no Twitter lamentando a morte de Henzel e exaltando sua vida profissional.

    "Durante a sua brilhante carreira, Rafael narrou, de forma excepcional, a história da Chapecoense. Tornou-se um símbolo da reconstrução do clube e, nas páginas verde e brancas desta instituição, sempre haverá a lembrança do seu exemplo de superação e de tudo o que fez, com amor, pelo time, pela cidade de Chapecó e por todos os apaixonados por futebol", escreveram.

    Em 2017, Rafael Henzel lançou o livro "Viva Como se Estivesse de Partida". Na obra, ele fala sobre o incidente e a mensagem de importância à vida. Ele deixa filho e esposa.

    Tags:
    infarto, morte, Rafael Henzel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar