14:17 19 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    No estádio Luzhniki minutos antes do início do amistoso Rússia X Brasil

    Brasileiros esclarecem tudo sobre amistoso, Copa do Mundo e hooliganismo na Rússia

    © Sputnik / Pablo Rodrigues
    Esportes
    URL curta
    Pablo Rodrigues
    3181

    Em pleno clima de amistoso entre Rússia e Brasil, a Sputnik falou com brasileiros no estádio Luzhniki, onde foi organizada a partida que acabou com um placar três vezes melhor para a Seleção Brasileira.

    O amistoso tão esperado foi realizado na última sexta-feira (23) na capital da Rússia, mais especificamente no complexo olímpico moscovita. O ar frio não foi capaz de impedir que nossa Seleção levasse a vitória com placar de 3 a 0.

    Estádio Luzhniki com pôr do sol ao fundo.
    © Sputnik / Pablo Rodrigues
    Estádio Luzhniki com pôr do sol ao fundo

    A partida foi emocionante e calorosa, mesmo com o vento frio e com o placar um tanto esperado pelos russos.

    No que diz respeito ao amistoso, brasileiros se mostraram satisfeitos tanto com a organização da partida como com o estádio, que foi considerado "espetacular" pelo jornalista do diário Estado de Minas, Jaeci Carvalho.

    Para Danilo Lavieri, jornalista do UOL Esporte, "a organização está bem bacana, a sinalização está excelente em volta dos estádios. Você sai do metrô e chega fácil em todos os setores que você precisa chegar. Segurança, tem bastante policial com bastante revista". O jornalista ressalta que rumores sobre ataques terroristas surgem em qualquer evento esportivo, seja ele organizado na Rússia ou em qualquer outro país. Danilo se mostra esperançoso em voltar a Moscou na Copa do Mundo, quando "não vai estar tão frio" e tem certeza que será "muito legal".

    A alguns meses para início do Mundial, o amistoso comprova quão preparada está a Rússia para sediar maior evento esportivo de futebol do mundo. Sem contar nos russos, que receberam e se mostram de braços abertos a receber companheiros brasileiros na época do Mundial.

    Para Bernardo Mello, repórter do jornal O Globo, "a maioria das pessoas vai manter esse clima na Copa do Mundo, acho que eles vão estar de braços abertos até porque eles querem mostrar que a Rússia é um país receptivo, eles querem tirar um pouco da imagem da Rússia de país frio, de país fechado para estrangeiros", e conclui que "hooliganismo e briga de torcedores são risco, mas como o policiamento tem sido muito forte, tanto em amistosos como em jogos de times russos contra times europeus em competições de clubes, eu acredito que este problema tem grandes chances de ser controlado".

    Mais:

    A 100 dias da Copa, Putin mostra suas habilidades no futebol (VÍDEO)
    Região russa inventa inédita mistura de futebol e gastronomia tradicional para Copa 2018
    Tags:
    jogo, amistoso, futebol, Rússia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik