17:51 20 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Esportes
    URL curta
    0 30
    Nos siga no

    O atacante Paolo Guerrero, do Flamengo e da seleção peruana, foi liberado para disputar o Mundial da Rússia após o Tribunal de Apelação da FIFA reduzir para seis meses a pena de suspensão do jogador por uso de substância proibida.

    Maior estrela do futebol do Peru e um dos grandes nomes do esporte em atividade no Brasil, Guerrero foi flagrado em um exame antidoping após o jogo entre Peru e Argentina, no dia 5 de outubro, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Em sua análise, foi constatada a presença de benzoilecgonina, principal metabólito da cocaína, o que levou a FIFA a punir o atleta por um período de um ano. Nesta quarta-feira, no entanto, a entidade anunciou uma redução da pena, após recurso da defesa.

    "Comitê de Apelação da FIFA reduz sanção imposta a Paolo Guerrero para suspensão de seis meses."

    Com a redução da pena, Guerrero estará livre para retornar ao futebol no dia 3 de maio de 2018. A Copa do Mundo da Rússia, que ocorrerá entre os dias 14 de junho e 15 de julho, será a primeira a ser disputada pelo Peru desde 1982, quando o país terminou na 20ª posição, no Mundial da Espanha. 

     

    Mais:

    Copa da Rússia 2018: mais de 2,3 milhões de ingressos já foram solicitados
    Copa do Mundo 2018: promoções na internet deixam torcedores mais perto da Rússia
    Brasil e Rússia se unem pela segurança na Copa e no combate ao terrorismo
    Tags:
    Brasil, Peru, Rússia, Paolo Guerrero, Flamengo, Copa do Mundo, futebol
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar