13:25 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Construção do estádio Mordóvia Arena

    Berlim aconselha separar esporte da política em relação à Copa do Mundo 2018

    © Sputnik / Maksim Bogovid
    Esportes
    URL curta
    334
    Nos siga no

    Na política alemã não há uma ampla discussão sobre o boicote à Copa do Mundo que será realizada em 2018 na Rússia, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Alemanha Martin Schaefer.

    Foi assim que ele comentou os relatos da mídia que os políticos alemães teriam mais uma vez levantado a questão do boicote ao torneio.

    "Quanto ao tema do futebol, há uma boa prática — sempre que possível separar esporte da política", disse ele em uma coletiva.

    Antes, o representante do governo da Alemanha para a cooperação social com a Rússia, Gernot Erler, disse que a decisão de privar o país da Copa do Mundo em 2018 está nas mãos da FIFA. Ao mesmo tempo, em março, a secretária-geral da organização Fatma Samura disse que não vê razão para boicotar ou retirar as competições da Rússia.

    A primeira Copa do Mundo a ser realizada na Rússia decorrerá de 14 de junho a 15 de julho de 2018. Jogos do torneio terão lugar em Moscou, Kaliningrado, São Petersburgo, Volgogrado, Kazan, Nizhny Novgorod, Samara, Saransk, Rostov-no-Don, Sochi e Ekaterinburgo.

    Mais:

    Brasil é a primeira seleção a se classificar para a Copa do Mundo da Rússia de 2018
    Tags:
    Jogos, futebol, Copa do Mundo de 2018, Copa 2018, FIFA, Martin Schaefer, Sochi, Berlim, Alemanha, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar