08:44 27 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Porta-bandeira da seleção da Rússia: campeã olímpica de nado sincronizado, Natalya Ishchenko, durante a cerimônia de abertura do XVI Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos em Kazan

    Quais atletas russos poderão competir nos Jogos Olímpicos do Rio?

    © Sputnik / Maksim Bogodvid
    Esportes
    URL curta
    Escândalo de doping (30)
    0 21

    O Comitê Olímpico Internacional (COI) deixou a cargo das federações internacionais a decisão de admitir os atletas russos para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Dessa forma, a grande questão ainda não foi respondida. Afinal, quais atletas russos poderão competir no Rio?

    Segundo a declaração do COI, o principal foco do comitê é a absoluta "pureza" dos atletas. Este é principal critério para a admissão aos jogos.

    Ao mesmo tempo, COI decidiu negar as credenciais para os representantes do Ministério dos Esportes de Rússia.

    O Comitê Olímpico da Rússia (COR), do seu lado, prometeu completo comprometimento e total restruturação do sistema antidoping no país, conforme declarou o presidente do COR, Aleksandr Zhukov, durante seu discurso para o conselho executivo do COI.

    Demandas pesadas para atletas russos

    Os atletas russos com histórico de doping não serão admitidos nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Mesmo os já liberados pelas respectivas federações para competições internacionais.

    Por exemplo, o COI negou acesso aos jogos à corredora russa Yulia Stepanova, pois ela já tinha sido desqualificada por doping antes.

    Foi uma grande decepção para Stepanova, pois foram justamente as suas declarações para a emissora alemã ARD que permitiram à Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) e à Agência Mundial Antidoping (WADA) iniciar as investigações sobre corredores russos.

    Os atletas russos, cuja participação for admitida nos jogos do Rio, precisarão estar disponíveis para testes surpresas adicionais. O atleta que não estiver disponível para testes, quando for requisitado, será imediatamente desqualificado pelo COI do evento.

    Reações na Rússia

    O ministro dos Esportes da Rússia, Vitaly Mutko, disse que a decisão do COI foi equilibrada e objetiva. Segundo o ministro, o COI atentou para os interesses do esporte mundial e para a "unidade da família Olímpica". 

    Mutko também manifestou confiança de que, pelo fato da maioria das federações internacionais não ter apresentado reclamações contra atletas russos, a delegação da Rússia poderá se apresentar de forma adequada no Rio de Janeiro e trazer resultados positivos para o país.

    Atletismo

    De toda a equipe de atletismo da Rússia, somente a saltadora a distância Darya Klishina foi liberada para competir. Mesmo assim, a esportista participará como uma participante "neutral", sob a bandeira do COI, pois todas as suas etapas de treinamento foram realizadas nos Estados Unidos. 

    A IAAF declarou na semana passada a desqualificação de toda a esquipe de atletismo da Rússia. No entanto, a federação, por recomendação do COI, concordou em considerar a admissão de atletas que queiram competir de modo individual.

    O Comitê Olímpico da Rússia e 68 atletas contestaram a decisão da IAAF no Tribunal Arbitral do Esporte, mas o seu apelo foi rejeitado, também na semana passada.

    Levantamento de peso

    O halterofilista russo Aleksei Lovcheva não participará dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Em 15 de julho, o Tribunal Arbitral do Esporte rejeitou sua apelação contra a decisão da Federação Internacional de Halterofilismo (IWF) de suspender Lovchena por quatro anos.

    A diretoria da IWF informou estar "aguardando evidências a serem apresentadas por atletas russos", que desejam participar dos jogos no Rio.

    O comunicado da organização informa que IWF está em contato com COI e WADA para esclarecer a situação e o conselho executivo da federação ainda está para emitir um parecer final.

    Ao que tudo indica, entretanto, a federação não deve barrar mais atletas russos, na opinião de David Riegert, um dos membros do conselho executivo do IWF e ex-treinador da equipe nacional da Rússia de levantamento de peso.

    Esportes aquáticos (natação, saltos, polo aquático)

    A participação da nadadora Yulia Efimova nos jogos permanece uma incógnita.

    A decisão sobre se Efimova se adequa aos novos critérios de seleção do COI será tomada pela Federação Internacional de Natação (FINA), informou o ministro dos Esportes russo, Vitaly Mutko.

    Anastasia Krapivina, que estava classificada para a travessia de 10 mil metros na categoria de natação de águas abertas, testou positivou para uma substância proibida em 2013 e assim está impedida de integrar a delegação do COR.

    A nadadora Natalia Lovtsov e o nadador Mikhail Dovgaluk também ainda podem ser desquailificados dos jogos.

    Remo

    O presidente da Federação de Remo da Rússia, Benjamin Booth, manifestou a esperança de que não haverá problemas para os remadores russos por parte da Federação Internacional de Remo.

    Ele disse que, fora o caso de Sergei Fedorovtsev, a Federação de Remo da Rússia não teve nenhum caso de doping registrado desde 2013.

    Em junho, veio a público que a equipe de remo em duplas, da qual Fedorovtsev fazia parte, teve suspensa a sua participação nos jogos no Rio, após testes positivos de doping.

    Ciclismo

    Os líderes da equipe de ciclismo da Rússia, Ilnur Zakarin e Olga Zabelinskaya, estiveram envolvidos no passado em casos de doping.

    A União Ciclística Internacional (UCI) disse que está decidindo individualmente sobre o caso de cada atleta russo.

    Tênis

    A Federação Internacional de Tênis (FIT), em um comunicado, manifestou confiança na decisão do COI e informou que os sete tenistas russos atenderam de modo satisfatório os critérios do COI para a participação dos Jogos Olímpicos do Rio.

    Triatlo

    A União Internacional de Triatlo confirmou a participação de atletas russos nos Jogos Olímpicos.

    Este ano, a Rússia conseguiu classificar o número máximo de seis atletas para as competições. Esse é o melhor resultados da equipe russa em todos os 16 anos da presença do triatlo nos Jogos Olímpicos.

    Handebol

    A Federação de Handebol da Rússia informou que a equipe nacional possui um histórico livre de doping e que, portanto, não deve haver problemas com a participação das seleções russas no Rio de Janeiro.

    Tema:
    Escândalo de doping (30)
    Tags:
    Jogos Olímpicos, Rio 2016, Comitê Olímpico da Rússia (COR), WADA, Comité Olímpico Internacional (COI), Alexander Zhukov, Vitaly Mutko, Rio de Janeiro, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik