06:06 24 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Yelena Isinbayeva durante o campeonato da Rússia em Cheboksary

    Executivo russo rejeita bandeira do COI e prefere a nacional

    © Sputnik / Maksim Bogodvid
    Esportes
    URL curta
    Rio 2016 (253)
    0 50

    O Comitê Executivo do Comitê Olímpico da Rússia (COR) confirmou a composição da seleção russa para os Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil.

    O comunicado publicado no site do Comitê nesta quarta-feira (20) diz o seguinte:

    "Fazem parte [da seleção] 387 esportistas que representam 30 modalidades esportivas (no que toca à luta greco-romana, a composição final será definida em 22 de julho)".

    A lista inclui a famosa Yelena Isinbayeva, que antes tinha defendido a seleção russa, tendo se recusado a participar dos Jogos sob a bandeira do Comitê Olímpico Internacional (COI).

    Aliás, o presidente do COR, Aleksandr Zhukov, afirmou hoje que os esportistas russos só irão participar da Olimpíada no Rio sob a bandeira da Federação da Rússia.

    Aleksandr Zhukov, presidente do Executivo do Comitê Olímpico da Rússia, após uma sessão em Moscou
    © Sputnik / Evgueny Biyatov
    Aleksandr Zhukov, presidente do Executivo do Comitê Olímpico da Rússia, após uma sessão em Moscou

    Antes, o COI sugeriu aos russos a opção de ir no Rio para participar sob a bandeira do COI.

    No entanto, a IAAF (Federação Internacional de Atletismo) afirmou que a atleta russa Daria Klishina, que tinha denunciado a seleção da Federação de Atletismo da Rússia de doping, iria ser representada pela bandeira do COI, e não da Rússia. De modo que ela não fará parte da seleção.

    Discurso de Thomas Bach

    O presidente do COI, Thomas Bach, comentou hoje a situação da seleção russa e os Jogos Olímpicos no Rio. Pelos vistos, o escândalo de doping ainda não terminou. Bach promete analisar de novo os resultados dos testes para tomar as decisões mais justas.

    © Sputnik .
    Presidente do COI sobre esporte russo
    Tema:
    Rio 2016 (253)
    Tags:
    bandeira, doping, Comité Olímpico da Rússia, Comité Olímpico Internacional (COI), Alexander Zhukov, Thomas Bach, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik