18:32 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Equipe de natação é uma das maiores esperanças do Brasil nas Paralimpíadas do Rio

    Paratletas de ouro se preparam para brilhar no Rio de Janeiro

    Renato Sette Camara / Prefeitura do Rio
    Esportes
    URL curta
    Rio 2016 (253)
    0 0 0

    Faltando pouco mais de dois meses para as Paralimpíadas do Rio, os atletas mais conhecidos do Brasil entram em fase final de preparação para o mais disputado e emocionante evento esportivo do mundo. Se depender do histórico e da motivação dessas feras, os brasileiros não terão com o que se preocupar quanto às chances de ver o país brilhar no pódio.

    Mais de 170 países membros do Comitê Paralímpico Internacional (IPC) devem participar dos Jogos Rio 2016. A lista oficial de participantes será confirmada pouco antes do início do evento, quando termina a disputa pelas vagas.

    Sétimo colocado no quadro geral de medalhas com 21 ouros, 14 pratas e 8 bronzes nas Paralimpíadas de Londres, o Brasil tem tudo para obter um desempenho ainda melhor neste ano. Para isso, conta com a experiência, a dedicação e o esforço de seus atletas, tanto os já consagrados como os estreantes. 

    Na última semana, o vídeo “O Treino que Muda Opiniões”, que mostra atletas paralímpicos brasileiros se preparando para os Jogos, ganhou dois Leões de Bronze no Festival de Publicidade de Cannes, na França. Lançado e viralizado nas redes sociais em setembro de 2015, o filme foi finalista em quatro categorias, conquistando prêmios em Mídia e Relações com a Imprensa. 

    Além de Luciano "Montanha" Dantas, Vinícius Rodrigues e Lúcia Teixeira, que aparecem nas imagens que ganharam o mundo ao longo dos últimos meses, servindo de estímulo para atletas e torcedores, a delegação brasileira contará com outros nomes de peso nos Jogos do Rio, incluindo alguns recordistas das Paralimpíadas. 

    O maior destaque, certamente, será Daniel Dias. Aos 28 anos, o nadador detém nada menos do que 15 medalhas, sendo 10 de ouro. Ele é considerado "o maior atleta paralímpico brasileiro da história", segundo palavras de Andrew Parsons, presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro e vice-presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC). 

    Outro ícone da natação, Clodoaldo Silva se prepara aos 37 anos para sua quinta e última participação em Paraolimpíadas. Dono de 13 medalhas, o Tubarão Paraolímpico faz parte do time das grandes apostas do Brasil para Rio 2016.

    Com a mesma idade de Clodoaldo, a velocista Terezinha Guilhermina disputa no Rio a sua quarta edição de Paralimpíadas, na qual pretende conquistar três ouros nas quatro provas que deve disputar, aumentando ainda mais o seu cartel, que conta com seis medalhas. 

    Evidentemente, essas são apenas algumas das celebridades da delegação brasileira que deverão marcar presença nos pódios das Paralimpíadas do Rio, onde, de 7 a 18 de setembro, todos os competidores, incluindo os estrangeiros, mostrarão ao mundo o valor do amor ao esporte.

    Tema:
    Rio 2016 (253)
    Tags:
    Jogos Paralímpicos, CPB, IPC, França, Cannes, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik