22:44 21 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Esportes
    URL curta
    112
    Nos siga no

    Com uma lesão no antebraço sofrida durante o Australian Open, ex-número 1 do mundo assistiu a derrotas de companheiras neste sábado, em Moscou.

    O sábado não foi dos melhores para a Rússia na Fed Cup, a principal competição entre países do tênis mundial. No primeiro dia do confronto com a Holanda, em Moscou, o time da casa perdeu duas partidas e precisará de três vitórias para avançar na competição.

    No primeiro jogo do dia, Ekaterina Makarova foi superada por Kiki Bertens por 6/3 e 6/4. A Holanda aumentou sua vantagem para 2 a 0 na partida seguinte, em que Richel Hogenkamp derrotou Svetlana Kuznetsova por 7/6(4), 5/7 e 10/8. O segundo jogo marcou um recorde: com 4 horas de duração, foi a partida mais longa da história da Fed Cup.

    A grande ausência do dia foi Maria Sharapova, que terminou o Australian Open, há cerca de duas semanas, se queixando de dores no antebraço. Ainda em Melbourne, a número 1 da Rússia já dizia que provavelmente não poderia atuar diante da Holanda. A capitã da equipe, Anastasia Myskina, escalou Sharapova apenas para a partida de duplas, que será neste domingo.

    Com os resultados do sábado, a Rússia precisará vencer todos os três jogos de domingo para avançar às semifinais da Fed Cup. Primeiro, Kuznetsova enfrentará Bertens. Na sequência, Makarova duelará com Hogenkamp. Em caso de duas vitórias russas, a partida de duplas desempatará o confronto. Maria Sharapova e Daria Kasatkina estão escaladas no time da casa para enfrentarem Cindy Burger e Arantxa Rus. 


    Mais:

    Rússia pode restabelecer voos para o Egito
    Rússia desenvolve satélite para detectar estruturas subterrâneas
    Vice-ministro: falta lógica em proposta dos EUA à Rússia para desarmamento
    Erdogan acusa Rússia de assassinatos em massa e de querer invadir a Síria
    Tags:
    lesão, tênis, esportes, Fed Cup, Anastasia Myskina, Svetlana Kuznetsova, Ekaterina Makarova, Maria Sharapova, Holanda, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar