01:17 07 Março 2021
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    Brasil contra coronavírus no início de fevereiro de 2021 (64)
    0 30
    Nos siga no

    O Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), formado por países do BRICS, informou, nesta terça-feira (9), o desembolso de US$ 1 bilhão (cerca de R$ 5,4 bilhões) em apoio às ações do governo brasileiro no combate à COVID-19.

    O financiamento foi aprovado em julho de 2020 e será destinado ao Ministério da Cidadania, chefiado por Onyx Lorenzoni.

    A iniciativa faz parte de um programa de US$ 10 bilhões (R$ 54,3 bi) da instituição para a luta contra a pandemia do novo coronavírus. O Brasil vai receber US$ 2 bilhões (R$ 10,8 bi). As informações foram publicadas em uma nota oficial do banco, obtida pelo portal Poder360.

    "A operação marca a conquista do governo brasileiro na colaboração com bancos multilaterais e agências de desenvolvimento no apoio à recuperação econômica", escreveu o banco.

    A carteira de projetos aprovada pelo NDB para o Brasil soma US$ 5 bilhões (cerca de R$ 27 bilhões).

    "Além do reforço à retomada da economia, os recursos promoverão investimentos nas áreas de rodovias, ferrovias, transporte urbano, energia renovável, educação, água e saneamento, dentre outros setores de infraestrutura", completou a instituição.
    Tema:
    Brasil contra coronavírus no início de fevereiro de 2021 (64)

    Mais:

    Estudo mostra que vacina contra gripe diminui sintomas da COVID-19 em crianças
    Espanha prorroga restrição de voos de Brasil, Reino Unido e África do Sul
    'Política da Índia não se baseia em vingança', diz especialista sobre chegada da Covaxin ao Brasil
    Trabalhador que recusar vacina no Brasil pode ser demitido por justa causa
    Tags:
    economia, novo coronavírus, pandemia, Brasil, financiamento, empréstimo, Novo Banco de Desenvolvimento, BRICS, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar