14:55 20 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    150
    Nos siga no

    O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) divulgou nesta segunda-feira (11) que o salário mínimo necessário em dezembro de 2020 para a população brasileira arcar adequadamente com os custos mensais seria de R$ 5.304,90.

    O levantamento foi apresentado na Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, e os cálculos foram feitos com base no custo das cestas básicas, que variam de R$ 454 a R$ 631 nas capitais. Houve aumento dos preços em todas as 17 unidades da Federação pesquisadas.

    "Com base na cesta mais cara que, em dezembro, foi a de São Paulo, o DIEESE estima que o salário mínimo necessário deveria ser equivalente a R$ 5.304,90, o que corresponde a 5,08 vezes o mínimo vigente [em 2020], de R$ 1.045,00. O cálculo é feito levando-se em consideração uma família de quatro pessoas, com dois adultos e duas crianças", escreveu o instituto.

    Salvador (32,89%) e Aracaju (28,75%) são as capitais que mais registraram aumento no preço da cesta básica. Curitiba teve a menor alta, de 17,76%. 

    ​Segundo o DIESSE, o trabalhador brasileiro gastou 56,57% do salário mínimo líquido para comprar os alimentos básicos para uma pessoa adulta no ano passado.

    Uma medida provisória publicada no Diário Oficial da União no fim de 2020 elevou o valor do salário mínimo de R$ 1.045 para R$ 1.100 a partir do dia 1º janeiro.

    O novo valor do salário mínimo representa um aumento de 5,26%. Segundo o Ministério da Economia, para o cálculo foi considerado o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de janeiro a novembro, e a variação estimada do mercado financeiro para o índice em dezembro de 2020.

    Mais:

    Vestibulandos fazem mutirão de memes com pedido em coro: adiem o Enem!
    COVID-19 não vai embora fácil: revelado quanto tempo maioria dos infectados sente sintomas
    Dez anos após tragédia, chuvas ainda podem causar estragos na Serra Fluminense?
    Ações do Twitter despencam após suspensão da conta de Donald Trump
    Microbiologista não vê motivo para alarde no surgimento de novas cepas: 'Totalmente esperado'
    Tags:
    Brasil, economia, salário mínimo, trabalhador, trabalho, horas trabalhadas, alimentos, alimentação, custo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar