06:44 22 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Vista de um arranha-céu, do Centro Internacional de Negócios de Moscou, Moscow City, e do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, na capital russa

    Sistema russo análogo ao SWIFT já conta com 8 bancos estrangeiros conectados

    © Sputnik / Maksim Blinov
    Economia
    URL curta
    6320
    Nos siga no

    Oito bancos estrangeiros se conectaram ao análogo russo do sistema de transações financeiras interbancárias SWIFT, declarou a jornalistas Alla Bakina, diretora do Departamento do Sistema Nacional de Pagamento do Banco Central da Rússia.

    O análogo russo do SWIFT se chama Sistema de Comunicação Financeira (SPFC, na sigla em russo). Durante sessão plenária do Fórum internacional PLAS, a diretora declarou que o sistema russo já conta com cerca de 400 usuários, sendo que oito bancos estrangeiros e 34 pessoas jurídicas já fecharam acordos de conexão.

    "Nosso tráfego de comunicação está crescendo, representando hoje em dia uns 15% do tráfego interno russo no SWIFT. No ano passado, o tráfego correspondia a 10-11%", revelou.

    Além disso, Alla Bakina detalhou a jornalistas que três bancos estrangeiros, dos que já fecharam acordo de conexão, já estão na lista de usuários e contam com sistema em funcionamento, sendo que os demais bancos estrangeiros estão realizando processos técnicos de conexão, teste e assim por diante.

    Banco Central da Rússia está atualmente trabalhando na possibilidade de aumentar indiretamente o número de usuários do SPFC através das organizações que já são membros.

    "Não é uma conexão através de organizações terceirizadas, é um serviço administrativo, ou seja, uma das organizações-membros atua como um hub. Estamos desenvolvendo isso agora por haver necessidade tanto no mercado como nos usuários, o serviço está em demanda", detalhou Bakina.

    Resposta aos riscos de desconexão ao SWIFT

    O SPFS foi criado pelo Banco da Rússia em resposta aos riscos de uma eventual desconexão dos bancos russos ao sistema internacional SWIFT.

    Em outubro de 2014, o próprio sistema SWIFT declarou que estava sendo pressionado por uma série de países para aderir às sanções contra a Rússia, mas não tencionava ceder.

    Mais:

    Abram caminho para rublo e yuan: China e Rússia planejam evitar SWIFT
    Economista vê mão dos EUA na suspensão de bancos iranianos do sistema SWIFT
    Empresa russa pode ajudar a criar análogo iraniano ao SWIFT para contornar sanções dos EUA
    Tags:
    bancos, Rússia, alternativa, SWIFT
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar