02:04 25 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    990
    Nos siga no

    O PIB do Brasil caiu 0,2% no primeiro trimestre de 2019 na comparação com o último trimestre do ano passado, sendo a maior queda registrada na indústria, especialmente na indústria extrativa.

    Trata-se da primeira queda do PIB desde o quarto trimestre de 2016. No último trimestre de 2018 foi registrado o aumento do PIB de 0,1% em comparação com o terceiro trimestre de 2018.

    Segundo o IBGE, no primeiro trimestre de 2019, o PIB totalizou, em valores correntes, R$ 1,714 trilhão, sendo R$ 1,462 trilhão referentes ao Valor Adicionado (VA) a preços básicos e R$ 251,5 bilhões aos Impostos sobre Produtos Líquidos de Subsídios.
    Na comparação com o primeiro trimestre de 2018, o PIB cresceu 0,5%.

    A maior queda foi registrada na indústria (-0,7%), especialmente na indústria extrativa (-6,3%). A agropecuária sofreu uma queda de 0,5% na comparação com o último trimestre de 2018, enquanto o setor dos serviços cresceu 0,2%.

    Entre outros setores que sofreram queda estão os investimentos (-1,7%) e a construção civil (-2,0%). As exportações também recuaram (-1,9%), o pior resultado desde o segundo trimestre de 2018, quando foi registrada uma queda de 4,4%. Ao mesmo tempo, o consumo das famílias, que representa 64,3% do PIB total, cresceu 0,3%.

    Quanto às previsões para este ano, no último boletim Focus, publicado pelo Banco Central do Brasil, os analistas preveem que em 2019 o crescimento econômico seja de 1,23%. Entretanto, alguns participantes do mercado já esperam um crescimento no máximo de 1%, abaixo do observado nos dois últimos anos.

    Mais:

    Boom de endividamento público: EUA podem atingir 150% do PIB em 30 anos
    PIB do Brasil pode estar encolhendo, diz Banco Central
    Tags:
    moeda, finanças, economia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar