11:28 17 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Fábrica da Chery em Jacareí (SP), um dos muitos investimentos chineses feitos no Brasil

    FMI: Brasil tem pior participação na economia mundial em quase 4 décadas

    CheryBrasil/SD Press/Fotos Públicas
    Economia
    URL curta
    2167
    Nos siga no

    Estudo divulgado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) mostra que o Brasil continua diminuindo sua participação na economia global e teve seu pior resultado em 38 anos.

    Com o resultado de 2018, o dados apontam que há sete anos consecutivos o Brasil perde participação na economia global. O estudo lembra que a participação do Brasil na economia mundial chegou a ser de 4,4%, em 1980, e que desde então atingiu o ápice em 2011, quando após idas e vindas chegou a 3,1%.

    Para mensurar os resultados, o FMI utiliza dados do Produto Interno Bruto (PIB) sob a régua da paridade do poder de compra (PPC), que ajusta o índice de acordo com o custo de vida dos países.

    O Brasil é hoje a oitava maior economia do mundo, tendo perdido o sétimo posto para a Indonésia este ano e deve continuar perdendo participação na economia mundial pelo menos até 2024, segundo o FMI. Isso se dá não só pela diminuição da atividade econômica do Brasil, mas também pelo aumento da participação de outras nações no cálculo, como é o caso da China.

    Desde 2014, o Brasil enfrenta desaceleração econômica, quando o PIB cresceu 0,5%. Em 2015 e 2016, o Brasil enfrentou fortes recessões, de —3,77% e —3,59%, respectivamente. Nos dois anos seguintes, os números foram positivos, mas ainda tímidos e em torno de 1% de crescimento.

    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar