17:02 15 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    O logo do Google

    Driblando impostos, Google enviou mais de US$ 22 bilhões para Bermudas só em 2017

    CC BY 2.0 / Robert Scoble / Google Logo in Building43
    Economia
    URL curta
    762
    Nos siga no

    O gigante tecnológico Google enviou ao paraíso fiscal das Bermudas 22,7 bilhões de dólares através de filiais holandesas em 2017. O valor enviado em 2017 supera o de 2016 em 4,5 bilhões de dólares, informa Reuters, citando documentos arquivados da Câmara de Comércio da Holanda.

    O Google usou a empresa Google Netherlands Holdings BV para transferir o dinheiro, obtido fora dos EUA para filial Google Ireland Holdings, que fica nas Bermudas, onde empresas não pagam impostos sobre os lucros.

    Esta estratégia impositiva, que segundo a Reuters é tecnicamente legal e é conhecida como "Double Irish, Dutch Sandwich" que permite que o Google escape de impostos tanto americanos quanto europeus, passou décadas sendo usada.

    No entanto, a pressão da União Europeia e dos EUA fez a Irlanda acabar com o esquema: desde 2014 essa vantagem está sendo cortada gradualmente e até 2020 será fechada completamente.

    O próprio Google declarou que seu jeito de administrar as finanças corresponde à lei.

    "Pagamos todos os impostos e cumprimos a lei fiscal em cada país em que operamos ao redor do mundo", de acordo com comunicado da empresa.

    No comunicado foi acrescentado também que a Google, assim como outras multinacionais, paga a maior parte da taxa de imposto corporativo em seu país de origem e, nos últimos dez anos, pagou uma taxa de imposto efetiva global de 26%.

    Mais:

    Google nega ter planos de lançar mecanismo de busca censurado na China
    Como rede de comunicação secreta da CIA foi invadida por iranianos através do Google?
    Google não! Que serviços se pode usar para proteger melhor dados pessoais?
    Tags:
    paraíso fiscal, impostos, Irlanda, Países Baixos, Bermudas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar