10:39 25 Março 2019
Ouvir Rádio
    Bolsa de Valores de Nueva York

    Moody’s prevê colapso do poderio econômico dos EUA

    © flickr.com/ Alan Kotok
    Economia
    URL curta
    12213

    A diminuição dos impostos e a desaceleração da economia pode minar o poderio econômico dos EUA na próxima década, indica o relatório de uma das três maiores agências de classificação de risco de crédito, a Moody's Investors Service.

    De acordo com o relatório da agência, no segundo trimestre de 2018 a economia dos EUA cresceu 4,2%, o que é o melhor resultado desde 2014. Porém, se espera que o crescimento diminua para 2,9% nos restantes trimestres deste ano e, posteriormente, para 0,9%, comunicou o portal Yahoo! Finance.

    Em 2017 o déficit orçamental foi de 3,5% do PIB (Produto Interno Bruto). Neste ano ele aumentou para 3,8% (779 bilhões de dólares), segundo a Moody's. Até 2028, o déficit deverá crescer até 8%.

    A agência assinalou que, por causa da redução do imposto de renda para empresas (IRC) de 35% para 20%, as receitas fiscais provenientes do meio empresarial caíram em 31%.

    "O crescimento permanente do défice orçamental levará a uma situação que a dívida federal e o fardo dos juros atingirão níveis recorde históricos, o que acabará exercendo pressão sobre a classificação de crédito soberana do país", concluiu a agência.

    Anteriormente, os analistas do banco de investimento Goldman Sachs avaliaram que as consequências do colapso de outono da bolsa de valores irão ser sentidas na economia americana já no início do ano que vem, o que "devorará" até 0,75% do PIB.

    Mais:

    Nações contra dólar: Índia se une a Turquia e Coreia do Sul para derrubar moeda dos EUA
    Plano da UE para desafiar domínio do dólar não funcionará sem Rússia, afirma economista
    Pior ano para investidores: que fatores causam volatilidade enorme nas bolsas globais?
    Analista: EUA podem tentar realizar golpe na Venezuela se pressão econômica não funcionar
    Tags:
    fiasco, diminuição, bolsa de valores, impostos, déficit, PIB, orçamento, Moody's, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar