01:09 12 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Segundo Comissão Europeia, país ainda precisa reduzir a dívida pública e buscar reformas

    Comissário da UE: Grécia segue em situação complicada apesar de resgate econômico

    © AFP 2018 / ANDREAS SOLARO
    Economia
    URL curta
    220

    A Comissão Europeia reconhece que a situação na Grécia continua difícil, apesar do retorno do crescimento econômico e da futura saída do país do programa de assistência financeira externa, conforme afirmou nesta sexta-feira o comissário europeu para Assuntos Econômicos e Financeiros, Pierre Moscovici.

    "A Grécia voltou ao crescimento e seu vasto déficit público foi transformado em um sólido superávit orçamentário. Claramente, a realidade no terreno continua difícil. O tempo para a austeridade acabou, mas o fim do programa não é o fim do caminho para a reforma", disse Moscovici em conversa com jornalistas em Bruxelas.

    "A Europa está coletivamente mais forte com o fim do resgate da Grécia, diz Moscovici."

    "Ainda há muito trabalho a ser feito para que a Grécia possa se manter sozinha. Reduzir a dívida pública e buscar reformas deve ser a prioridade do governo", acrescentou o comissário.

    Espera-se que a Grécia saia do atual programa de resgate no próximo dia 20.


    Mais:

    Grécia convoca seu embaixador em Moscou
    Grécia expulsa 2 diplomatas russos, informa mídia grega
    Novo partido de direita pode ser criado na Grécia
    Premiê da Grécia sobrevive a tentativa de destituição do Parlamento
    Após resolver pendência diplomática histórica com Macedônia, Grécia mira Chipre e Albânia
    Tags:
    Comissão Europeia, Pierre Moscovici, Bruxelas, Europa, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik