17:17 16 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan com os novos exemplos da lira turca

    Como lira turca pode se libertar da pressão do dólar?

    © AFP 2018 / TARIK TINAZAY
    Economia
    URL curta
    1192

    O papel principal nesta mudança é desempenhado por centros mundiais de poder alternativo aos EUA, como os países do BRICS e o Irã. Nos últimos tempos, a Turquia vem dando passos ativos para participar do processo.

    Indo por uma série de países desde o início da década de 2010 e em constante reforço nos últimos anos, o processo de eliminação progressiva do dólar americano como moeda de financiamento comercial e de reserva (desdolarização) é uma das tendências mais importantes para o alcance de um mundo multipolar.

    O diretor-geral do Centro de Pesquisa de Assuntos Econômicos e de Política Externa (EDAM), Can Selcuki, em entrevista à Sputnik Turquia, comentou as perspectivas de inclusão da Turquia à desdolarização. Segundo ele, "a intenção da Turquia de negociar com países, utilizando moeda nacional, pode ser vista como uma tentativa de libertar a lira da pressão do dólar, o que é especialmente importante levando em consideração o agravamento da crise na relação turco-americana e a introdução de sanções contra a Turquia".

    "O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, fez várias declarações importantes durante a recente cúpula do BRICS. Em particular, se o Ocidente não abandonar a política de pressão contra a Turquia, Ancara procurará alternativas. E a prática de comércio com o uso da moeda nacional se tornará uma dessas medidas. No entanto, ainda é difícil dizer com certeza o quão realista é esse passo. Apesar do fato de que volumes significativos de produtos importados pela Turquia vêm da China, Alemanha e Rússia, os preços de muitos tipos de produtos importados estão atrelados ao dólar. A rejeição do dólar é possível se houver uma implementação da valorização dos produtos domésticos com valores integralmente em moeda local."

    Para Can Selcuki, esta opção parece irrealista, visto que "a lira turca está sendo altamente pressionada, e seu valor cai em relação ao dólar americano e ao euro. Assim, o desejo da Turquia de comercializar com uma série de países em moeda nacional é um passo para libertação da lira contra a pressão do dólar, especialmente nas atuais circunstâncias, quando as relações turco-americanas estão passando por uma grave crise, e Washington impôs sanções contra Ancara".

    A noção de que a desdolarização em termos de sua eficácia deve ser aplicada não só no comércio internacional, mas também no nacional, foi expressa pelo economista e professor do Instituto Estatal de Relações Internacionais de Moscou (MGIMO), Valentin Katasonov, em entrevista à Sputnik. De acordo com ele, o processo de desdolarização deve ser realizado de forma complexa e em etapas.

    "Primeiramente, deve ser modificado o modelo de emissão de cédulas para que a moeda nacional não seja apoiada pela moeda americana, e sim pelos projetos reais da economia nacional. Em segundo lugar, é necessário abandonar o uso da moeda estrangeira ao realizar transações domésticas. E em terceiro lugar, o uso do dólar em transações monetárias transfronteiriças deve ser interrompido", concluiu.

    Mais:

    G7 contra BRICS: quem vencerá a guerra comercial?
    Qual é a intenção da Turquia de se juntar ao BRICS? Analista explica
    Erdogan pede que Turquia entre no BRICS
    Turquia está reforçando 'cruzada' contra o dólar
    Tags:
    lira turca, dólar, BRICS, Recep Tayyip Erdogan, EUA, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik