12:06 22 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Yuan, moeda chinesa

    Yuan chinês está a caminho de se converter em moeda global

    CC0 / Pixabay
    Economia
    URL curta
    6171

    Pequim está se esforçando para promover o yuan como divisa global. Em 2015, a moeda chinesa sofreu uma desvalorização, mas agora volta a ganhar novo impulso e aumenta sua presença no comércio mundial.

    Há três anos, a presença recorde da divisa chinesa era de 2,8%, informou a agência Bloomberg. Em abril, essa taxa desceu para 1,7%, entretanto, agora a moeda está fortalecendo posições. 

    "Obviamente, neste ano, a moeda está sendo mais usada em transações internacionais. A taxa de câmbio vai depender dos mercados financeiros globais. Os investidores extraterritoriais darão um impulso mais importante para os títulos de dívida locais", disse o analista financeiro Ji Tianhe.

    A inciativa chinesa de criação do Cinturão Econômico da Rota de Seda também contribuirá na promoção do yuan, acreditam especialistas.

    "O comércio e investimentos no projeto 'Um Cinturão, uma Rota' definitivamente aumentariam os fluxos de divisas entre a China e outros países participantes do projeto", afirmou Ben Yuen, alto representante da empresa BOCHK Asset Management Ltd.

    A China aumentou participação do yuan na hora de negociar com os principais parceiros comerciais, em particular, com a Rússia e o Irã, que se encontram sob as sanções norte-americanas.

    A Rússia e a China têm um fundo de investimentos, denominado em yuanes por um valor superior a 10 bilhões de dólares (R$ 38 bilhões).

    O lançamento de contratos futuros de petróleo cotados em yuanes também é um fator que deverá fortalecer a moeda chinesa. O terceiro maior produtor de petróleo da OPEP, o Irã, vende seu petróleo à China por yuanes. Teerã rechaçou o comércio em dólares quando os EUA a ameaçaram de voltar a aplicar sanções. 

    Mais:

    Surpresa chinesa: a que se deve forte crescimento do yuan ante o dólar americano?
    Rublo e yuan vs dólar: quem vai ganhar?
    G20 celebra incorporação do yuan à cesta de divisas do FMI
    Tags:
    finanças, yuan, dólar, Rússia, EUA, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik