04:21 25 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA, Donald Trump, falando com jornalistas

    Cuidado! Tweet de Donald Trump tem poder de abalar preço do petróleo

    © REUTERS / Mike Theiler
    Economia
    URL curta
    231

    Os preços do petróleo caíram após acusações do presidente dos EUA, Donald Trump, de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) tenta aumentar o valor do petróleo bruto.

    Nesta sexta-feira, Donald Trump, em sua conta oficial no Twitter, acusou a OPEP de aumentar de modo "artificial" os preços do petróleo.

    ​Depois do tweet, o petróleo bruto WTI atingiu a sua baixa mensal, caindo para 67,57 dólares norte-americanos por barril.

    O Bent também reagiu, caindo até a marca de 72,98 dólares norte-americanos, que também é o menor preço registrado em abril deste ano.

    Em resposta à acusação do presidente Trump, o secretário-geral da OPEP, Mohammed Barkindo, afirmou que nem a organização nem o acordo de corte de petróleo assinado com os principais produtores de petróleo "têm qualquer objetivo relacionado aos preços".

    Ele também defendeu o acordo da Opep +, dizendo que "resgatou a indústria do petróleo do iminente colapso".

    Por sua vez, o ministro da Energia da Arábia Saudita, Khalid Falih, ressaltou que é o mercado que define os preços.

    Mais:

    Estados Unidos teriam aberto nova base militar em região síria rica em petróleo
    Bahrein descobre maior campo de petróleo em sua história
    Yuan e rublo contra dólar: em que resultará comércio de petróleo em moedas nacionais?
    Tudo por petróleo: desejo americano promete se transformar no meme mais popular
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik