08:21 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Heraldo Muñoz, chanceler do Chile

    Chile propõe acordos bilaterais com membros do TPP, China e Coreia do Sul

    © AFP 2018 / Yamil Lage
    Economia
    URL curta
    716

    Após a retirada dos EUA da Parceria Transpacífico (TPP), o Chile anunciou que vai buscar acordos comerciais bilaterais com os outros membros do TPP, bem como com a China e com a Coreia do Sul.

    Nesta segunda-feira (23), o presidente dos EUA Donald Trump assinou a ordem executiva para iniciar a retirada do país do acordo de livre comércio, que foi assinado por 12 países do Pacífico, mas permaneceu não ratificado pelos EUA e pela maioria dos outros signatários. 

    O futuro do TPP agora é incerto, uma vez que foi impulsionado em grande parte pelos esforços norte-americanos. 

    O ministro das Relações Exteriores do Chile, Heraldo Muñoz, disse em entrevista coletiva nesta segunda-feira que seu país continuará buscando acordos bilaterais e que propôs reuniões com os outros membros do TPP, bem como com a China e a Coreia do Sul, recebendo  “reações positivas em alto nível”.


    Mais:

    México começará negociações bilaterais do TPP imediatamente após retirada dos EUA
    Trump assina ordem executiva formalizando retirada dos EUA do TPP
    China aposta em dois acordos de livre comércio alternativos ao TPP dos EUA
    Tags:
    livre comércio, acordos bilaterais, Acordo de Parceria Transpacífico (TPP), TPP, Donald Trump, Heraldo Muñoz, Coreia do Sul, China, EUA, Chile
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik