05:06 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    1114
    Nos siga no

    A missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) que visitou a Argentina constatou avanços em matéria estatística e do Produto Interno Bruto (PIB), segundo afirmou nesta quinta-feira o diretor do fundo para o Hemisfério Ocidental, Alejandro Warner.

    "Vimos avanços muito importantes na reestruturação do Indec (Instituto Nacional de Estatística e Censos)... e há indicadores muito satisfatórios sobre o PIB", disse Warner, citado pelo diário Clarín, em um encontro da Fundação de Investigações Econômicas Latino-americanas (FIEL).  

    Indagado pela mídia, o funcionário do FMI preferiu não comentar os índices de pobreza publicados na última quarta-feira pelo Indec, que mostraram um percentual alarmante de pobres e indigentes no país, 32,2% e 6,3% respectivamente. 

    "Os indicadores de pobreza saíram ontem e ainda não tivemos tempo para analisar", explicou. 

    A delegação do FMI foi à Argentina para supervisionar o estado da economia nacional, sobretudo no que diz respeito às normas do fundo que o país se negou a cumprir nos últimos anos, durante a administração de Cristina Kirchner.

    Mais:

    Madonna confunde bandeira de Israel e Argentina em postagem sobre morte de Shimon Peres
    FMI está 'satisfeito' por voltar à Argentina
    Câmara argentina de comércio vê seu país mais atrativo que o Brasil
    Tags:
    pobreza, PIB, Indec, FIEL, Clarín, FMI, Alejandro Warner, Cristina Kirchner, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar