15:12 23 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Wall Street

    Wall Street Journal explica quem recuperou a economia russa

    © AP Photo/ Jin Lee
    Economia
    URL curta
    23916330

    Dois anos depois da queda dos preços de petróleo e da introdução de sanções económicas pelos países ocidentais, a Rússia se torna de novo atrativa para os investidores, escreve o WSJ.

    O principal mérito é de Elvira Nabiullina, a chefe do Banco Central da Rússia, escreve a edição, porque ela tomou as medidas corretas.

    Uma vista ao Moscou de cima
    © Sputnik/ Aleksei Kudenko/ Vladimir Sergeev
    Na terça-feira (23) o índice de MICEX (Moscow Interbank Currency Exchange) atingiu o nível recorde. Desde o princípio do ano ele aumentou 25%, o que coloca a Rússia à sexta posição na lista dos países de economia em desenvolvimento. O câmbio de rublo aumentou em relação ao dólar americano 13%.

    Muitos investidores julgam que Elvira Nabiullina foi quem deu a maior contribuição para a recuperação da economia da Rússia. Em novembro de 2014, ela decidiu não manter a cotação do rublo ligada ao dólar e depois bruscamente aumentou a taxa de juro para travar a fuga dos capitais e baixar a taxa de inflação.

    Os especialistas entrevistados pelo WSJ julgam que estes passos do Banco Central da Rússia restabeleceram a confiança no rublo russo e na política macroeconómica da Rússia.

    Mais:

    Banco Mundial melhora previsão de recuperação da economia russa
    Qual é a 'realidade nova' na economia russa?
    Analista: economia russa é ‘insubmergível’
    Tags:
    economia, Banco Central da Rússia, Wall Street Journal, Elvira Nabiullina, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik