09:34 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    6813
    Nos siga no

    A montadora norte-americana revelou que fabricará aeronaves de vigilância marítima e antissubmarino P-8A para a Alemanha, com as quais Berlim pretende substituir os aviões P-3C envelhecidos.

    A Boeing assinou um contrato com a Marinha dos EUA para fabricar cinco aviões de vigilância marítima e guerra antissubmarino P-8A para a Marinha da Alemanha, comunicou na terça-feira (28) a montadora norte-americana.

    O portal Defense News citou autoridades militares dizendo que as novas aeronaves oferecem capacidades em sensores e meios de combate necessárias "para atingir submarinos adversários em uma corrida armamentista abaixo da superfície cada vez mais sofisticada".

    Berlim tem estado substituindo suas aeronaves P-3C envelhecidas e o comunicado da Boeing indica que os P-8A começarão a ser entregues a partir de 2024.

    Autoridades da França expressaram desagrado com a compra, devido ao que disseram ser um potencial dissuasor para prosseguir com o desenvolvimento do Sistema Aéreo de Guerra Marítima (MAWS, na sigla em inglês) em conjunto com a Alemanha, uma arma antissubmarino totalmente nova que deverá entrar em serviço em 2035, revelou o jornal La Tribune em julho.

    Uma porta-voz militar alemã disse ao Defense News, no entanto, que Berlim não alteraria seus planos relativamente ao MAWS. Ela também relatou que Paris não divulgou a Berlim detalhes da posição do governo francês sobre o assunto até agora.

    Mais:

    Boeing revela conceito de novo míssil ar-ar de longo alcance (FOTO)
    Drone da Boeing realiza 1º reabastecimento aéreo de caça F-35 (VÍDEO)
    VÍDEO da Boeing mostra apresentação oficial do novo caça F-15QA no Catar
    Tags:
    Alemanha, EUA, Boeing, Defense News, França, P-3C, P-8A Poseidon, Boeing P-8A Poseidon, Marinha, Marinha dos EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar