21:51 23 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    7343
    Nos siga no

    De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, três caças Su-35S interceptaram um bombardeiro estratégico B-52H dos EUA, enquanto voava próximo da fronteira russa no oceano Pacífico.

    Neste domingo (26), um alvo aéreo foi detectado pelo Distrito Militar do Leste sobre o oceano Pacífico, enquanto se aproximava da fronteira do espaço aéreo russo.

    "Para classificar e escoltar a aeronave estrangeira, três caças Su-35S das forças de defesa aérea do Distrito Militar do Leste foram colocados no ar. As tripulações dos caças da Força Aeroespacial da Rússia identificaram o alvo aéreo como sendo um bombardeiro estratégico B-52H da Força Aérea dos EUA, escoltando a aeronave sobre o oceano Pacífico", comunicou.

    Posteriormente, o bombardeiro norte-americano se afastou da fronteira do espaço aéreo russo e as tripulações dos caças Su-35S retornaram à base.

    Treinamento de combate aéreo multimodo por tripulações de novos caças Su-35S do Distrito Militar Ocidental
    Treinamento de combate aéreo multimodo por tripulações de novos caças Su-35S do Distrito Militar Ocidental

    O voo dos caças russos foi realizado em estrita conformidade com as regras internacionais para o uso do espaço aéreo. Nenhuma violação da fronteira estatal russa foi permitida.

    "A violação da fronteira russa, bem como aproximações perigosas das aeronaves no ar não foram permitidas", concluiu a mensagem.

    Mais:

    Caça leve russo Checkmate terá 100% de demanda no mercado internacional, diz chefe do serviço
    Caça russo Su-57 acaba com domínio americano em aviões de alta tecnologia, diz mídia
    Caça Su-30SM da Rússia receberá tecnologias avançadas e novos mísseis guiados
    Tags:
    avião de ataque, avião de combate, avião de assalto, Bombardeiro, bombardeiro estratégico, Rússia, EUA, Oceano Pacífico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar